Notícias Adventistas

“Digília” marca Semana de Oração no Unasp-EC

Por Rafael Brondani

Oração, testemunhos e músicas fizeram parte da primeira digília – vigília durante o dia – realizada pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho. O evento, organizado pela Igreja Unasp e Pastoral Universitária, marcou o primeiro sábado da tradicional semana de oração, que acontece todos os semestres no campus. A digília teve duração de 10 horas. A abertura aconteceu às 8 horas, com o recital da cantora Daniela Araújo, e as atividades se estenderam durante todo o dia, com término às 18h.

De acordo com o diretor espiritual do campus, pastor Edson Romero, a ideia de fazer essa programação foi para marcar de forma especial o começo da semana de oração. “Queremos que os alunos e comunidade percebam que vai ser uma semana diferente na vida deles”, diz.

Durante a programação, o pastor norte-americano Norman G. Knight, orador da semana, falou sobre a importância do reavivamento espiritual dos jovens cristãos. Em entrevista, o palestrante elogiou os jovens brasileiros. “A igreja adventista, no Brasil e no Unasp, é muito animada. A fé dos jovens aqui é fantástica!”, afirma Knight.

Os participantes tiveram a oportunidade de ouvir histórias sobre profundas mudanças de vida. Uma delas foi a do ex-empresário Alexandre Catalano, que contou como conheceu a Deus. Catalano e seu irmão sentiam um grande vazio no coração e cobriam isso com bebidas e festas. Em um determinado momento eles conheceram um rapaz cristão e, a partir dessa ocasião, puderam conhecer a Deus. Embora sem o apoio da família, os irmãos tiveram suas vidas transformadas.

Outra história que prendeu a atenção do público foi a do advogado e ex-budista, Luigi Braga, que largou uma carreira profissional estruturada para se dedicar integralmente às atividades da igreja. Ele contou sobre as várias vezes que Deus respondeu prontamente às suas orações acerca das decisões que precisava tomar, inclusive a de largar os seus negócios para se tornar o advogado da Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul.

Os participantes ainda ouviram outras histórias, como a de Fernando Meira, que largou a fama para servir a Deus, o trágico acidente de Fernanda Lima, uma cadeirante que superou os desafios de suas limitações físicas, tornando-se campeã olímpica de natação, e também a milagrosa história da ex-pastora evangélica, Fátima Dutra, que recebeu a verdadeira mensagem de salvação através de um anjo.

O aluno do 2 º ano do curso de Teologia, Wagner Willyam de Sá, que assistiu à programação, conta que foram momentos inspiradores. “Através dos relatos que ouvimos aqui, pudemos ver a ação de Deus de uma forma prática e não somente teórica. Histórias de superação que nos motivam e fortalecem nossa fé”, declara o estudante.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox