Notícias Adventistas

Congresso discute missão evangelística da educação adventista

O II Encontro de Educadores do Sul do Brasil aconteceu entre os dias 3 e 6 de fevereiro.Bento Gonçalves, RS…[ASN] Foi na Escola Pastor Ivo Souza, no município de Rolante, no Rio Grande do Sul, que Cátia Schuck conheceu a mensagem adventista aos 12 anos de idade. “Minha primeira aula foi de ciências e a professora estava trabalhando sobre os dias da criação. Apesar de eu ter 12 anos e estar na sexta série, eu não sabia que Deus tinha criado o mundo em sete dias”, relembra. Ao concluir a oitava série, ela foi cursar o Magistério no IACS (Instituto Adventista Cruzeiro do Sul), em Taquara, município vizinho. E, de aluna, se tornou professora da rede educacional adventista. Esse trabalho, conforme acredita, singnifica não apenas uma mera ocupação, mas uma missão. “Educação Adventista é sinônimo de salvação”, afirma.

A professora de Língua Portuguesa é uma das participantes de um congresso que reúne dois mil professores do Sul do Brasil na cidade de Bento Gonçalves (RS). Além de contemplar a capacitação pedagógica e preparar os docentes para o início das aulas, o evento busca principalmente enfatizar o compromisso da educação adventista com a missão da igreja, foco evidenciado pelo tema desta edição: “Missão de Esperança”. “Vamos compartilhar experiências, mas também sairemos renovados com o senso de missão para continuarmos a levantar a bandeira de uma educação que não apenas informa, mas também transforma”, pontua Douglas  Menslin, coordenador do evento e diretor da rede para o Sul do País.

Aproveitando o contexto de aniversário dos 150 anos da Igreja Adventista no mundo, celebrados em 2013, a diretora mundial do departamento de Educação da Igreja Adventista, Lisa Beardsley-Hardy, disse que o momento é oportuno para lembrar a origem da educação adventista e seu propósito de integrar fé e ensino. “Precisamos lembrar nossos alunos sobre a base de nossa filosofia”, enfatizou Lisa, uma das convidadas do evento.

Para o doutor em Educação pela Unicamp e pesquisador da história da Educação Adventista no Brasil, Renato Gross, também palestrante do congresso, é preciso envidar todos os esforços possíveis e imagináveis para manter a filosofia educacional adventista. “Temos que nos apegar às nossas origens, aos nossos valores”, reforçou. [Equipe ASN, Márcio Tonetti]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox