Notícias Adventistas

Começa Mestrado em Promoção da Saúde no UNASP

O curso conta com 12 professores, 20 mestrandos e 2 alunos especiais.São Paulo, SP… [ASN] O Brasil conta agora com um programa stricto senso inédito com ênfase na qualidade de vida e bem-estar coletivo. O Mestrado em Promoção da Saúde está sendo oferecido pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo, Unasp. A cerimônia de instalação ocorreu no dia 3 de março no Unasp campus São Paulo e contou com a presença de líderes da reitoria do Centro Universitário e representantes do departamento de educação da Igreja Adventista do Sétimo Dia no mundo e no estado de São Paulo.
A proposta do programa de mestrado do Unasp, campus São Paulo procura atender a uma necessidade social, pois estimula iniciativas que exponham os benefícios do estilo de vida saudável como solução eficiente para problemas de enfermidades presentes na saúde pública. Segundo dados do Ministério da Saúde, 72% das mortes no país atualmente são ocasionadas por doenças crônicas que poderiam ter sido prevenidas.

“O normal é desfrutar saúde. A doença é um inimigo a ser enfrentado, um elemento a ser evitado e a ênfase recai sobre a prevenção. É necessário promover saúde ao invés de combater doenças”, enfatizou o reitor do Unasp, Euler Bahia, durante o discurso oficial de instalação do Mestrado em Promoção da Saúde.

Segundo a pró-reitora de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão do Unasp, Tânia Kuntze, ao concluírem o programa, os mestrandos do Unasp estarão aptos a mobilizar, de forma estratégica, a saúde das pessoas voltadas para a mudança de um estilo de vida e o preparo para isso se dará por meio do elenco de disciplinas oferecidas.

E isso é o que pretende o mestrando Sérgio Mitio, docente do Curso de Fisioterapia do Unasp SP, que ingressou no programa com o objetivo de contribuir para a formação dos estudantes com os quais trabalha. “Posso trazer mais subsídio qualidade e informação para os alunos proporcionarem conhecimento de uma forma geral para ajudarem a população”, afirmou.

Durante a cerimônia o representante da sede mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia, doutor Luis Schulz, compartilhou o interesse da igreja em incentivar o crescimento do ensino superior adventista no país. “Nós estamos encorajando a administração do Centro Universitário a pensar, planejar e trabalhar para a implementação de outros mestrados e doutorados para ter o direito de receber o reconhecimento do MEC como uma universidade”, ressaltou.

Já estão oficialmente em andamento as atividades do mestrado que conta com 12 profissionais qualificados em seu corpo docente, 20 mestrandos e ainda 2 alunos especiais como ouvintes. [Equipe ASN – Murilo Bernardo e Rosemeire Braga]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox