Notícias Adventistas

No Dia dos Pais, jornais destacam história de jovem que superou câncer ao lado do familiar

Quase dois anos depois do diagnóstico, pai comemora data na presença da filha, agora curada.

cristiano freitas e a filha
Rio Grande, RS… [ASN] Há praticamente dois anos, a vida do militar Cristiano Freitas seria afetada de forma profunda. Isto porque a filha mais velha, Ana Carolina Freitas – com 14 anos, na época – seria diagnosticada com um tumor cancerígeno na região do ombro. Porém, para que o tratamento começasse a ser efetuado, novos exames ainda mais detalhados precisavam ser feitos e para que isto ocorresse com rapidez, a família resolveu ir até Porto Alegre para a realização dos procedimentos.

Após a verificação, uma médica informou a família sobre a existência do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (Graac), referência no tratamento e pesquisa do câncer infanto-juvenil na América Latina. Com isto, os pais de Ana Carolina, que são separados, fizeram um acordo e decidiram que Cristiano seria quem acompanharia a jovem na maior parte do tempo durante os procedimentos no outro Estado. Os motivos seriam de que ele é um militar reformado – ou inapto – e por conta disto, não pode mais ser convocado para servir, além do fato de que a irmã mais nova de Ana Carolina, que tem 13 anos, ficaria com a mãe neste período.

cristianoPara que pudessem se manter em São Paulo, amigos, familiares e até desconhecidos que moram em Rio Grande fizeram rifas, bingos e pedágios solidários em favor do tratamento da jovem. O processo de quimioterapia que resultou na cura de Ana Carolina durou 11 meses e teve momentos de extrema angústia, conforme contou Cristiano em matéria publicada no jornal Agora. A experiência fez com que o militar percebesse a atuação de Deus na vida da filha e se tornasse cristão.  “Deus é maravilhoso. É uma engrenagem perfeita. Ele faz tudo perfeito e se manifestou na solidariedade da comunidade, nos deu pão, moradia, e o melhor tratamento que ela poderia ter. Às vezes, tem que acontecer certas coisas pra gente entender outras e hoje eu vejo que me tornei uma pessoa muito melhor”, conta na reportagem.

Cristiano, inclusive, agora é mentor de uma iniciativa solidária. Ele passou a ajudar pessoas carentes e mendigos, por meio de um projeto chamado Esperança Viva, da Igreja Adventista do Sétimo Dia na cidade. O projeto, inclusive, já foi noticiado no portal adventista. (Clique aqui para visualizar a matéria sobre a iniciativa).

Na matéria, ele ainda destaca que a possibilidade de estar com a filha na data comemorativa é a melhor dádida. “Neste Dia dos Pais, presente melhor não existe. Amor de pai, mãe e filho não tem preço. Muitas vezes, eu quis me colocar no lugar dela, mas não era possível, então, eu estive ao lado dela, na hora da dor e na hora da vitória”, comemora. Para ler a matéria do jornal Agora, na íntegra, clique aqui.

No fim de semana, o Jornal do Almoço Rio Grande, exibido pela RBS TV, afiliada da TV Globo no município, homenageou Cristiano quando mencionou histórias de destaque pelo Dia dos Pais. [Equipe ASN, Willian Vieira, com informações do Jornal Agora]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox