Notícias Adventistas

Mês de agosto fecha com a Campanha Quebrando o Silêncio

Há 14 anos Fiéis e voluntários saem às ruas para defender o bem-estar das famílias e dar um basta em qualquer tipo de violência.

A principal ação da Campanha é levar informação para todas as pessoas de como combater a violência

A principal ação da Campanha é dar informação de como combater à violência

Sorocaba, SP… [ASN] Foi no ano de 2002 que surgiu na Igreja Adventista a Campanha Quebrando o Silêncio. Um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência. Um movimento que acontece todo ano na América do Sul, com a participação dos fiéis e voluntários em passeatas, fóruns, eventos de educação e outras ações para chamar atenção da comunidade.

A data oficial da Campanha é no quarto sábado do mês de agosto. Neste ano a ênfase é o combate ao uso de álcool e drogas que já destruíram muitos lares. Na Igreja Central de Piracicaba, que fica no bairro São Dimas, a programação começou na parte da manhã com uma palestra. Em seguida os membros foram para as ruas entregar folhetos e revistas em pontos estratégicos da cidade.

Josiany Almeida Lima Marengoni, membro da Igreja Central, fez a entrega dos materiais nos semáforos perto de uma universidade. Ela conta que todos os anos participa da campanha. “É muito bom pois a gente acaba divulgando o trabalho social da igreja. O projeto Quebrando o Silêncio é uma forma de falar do amor de Jesus para as pessoas, pois queremos que elas parem de sofrer.”

Na cidade de Itararé a carreata contou com 200 carros

Na cidade de Itararé a carreata contou com 200 carros que deixaram o recado contra a violência

Na cidade de Itararé a campanha teve o envolvimento de todas as igrejas da região com uma carreata no centro da cidade. Clubes de Desbravadores com fanfarras davam o ritmo da passeata. A responsável pelo Campanha na região sudoeste paulista, Elane Kefler Ferreira, acompanhou de perto o movimento contra a violência. “Esta foi uma grande oportunidade de envolver os irmãos da igreja neste grande projeto social. O que mais me impressionou foi a sociedade toda de Itararé envolvida e recebendo bem este projeto”, diz Kefler que é líder regional do Ministério da Mulher da Igreja Adventista.

O pastor Luis Antonio Serain é responsável por 6 igrejas na região. Ele menciona que na carreata tinham 200 carros e que a resposta dos membros foi surpreendente. “Nós estamos exercitando o cristianismo de forma prática. Tivemos o envolvimento na campanha de 400 pessoas. Assim levamos a mensagem especial de esperança, alegria e uma vida mais saudável.”

Turminha do Nosso Amiguinho alertando as criança contra o abuso infantil

Turminha do Nosso Amiguinho alertando as criança contra o abuso infantil

Na cidade de Sorocaba – além das ações locais promovida pelas igrejas – no dia 10 de setembro aconteceu uma programação especial no Colégio Objetivo, na zona sul da cidade. Em trabalho conjunto com as igrejas da região cerca de 600 pessoas estiveram no evento, que contou com a participação da Turminha do Nosso Amiguinho, parcerias com academias, empresas e ONGs.

Elisabete Cristina Clementina de Oliveira, teve o seu primeiro contato com a Campanha e afirmou que é muito importante que as pessoas quebrem o silêncio. “Muita mulheres se sentem ameaçadas se denunciarem. Aqui recebemos o incentivo e como nos proteger. As vezes a falta de informação gera mais violência e as pessoas não conseguem sair da situação de risco.” [Eber Pola, equipe ASN]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox