Notícias Adventistas

Guia de estudo incentiva a leitura

De três em três meses, Joaquim Macedo, viaja até as cidades de Manacapuru ou Manaus (AM), para buscar lições da Escola Sabatina.

Captura de Tela 2016-09-02 às 11.53.07

Mais de 80% da igreja possui a lição da Escola Sabatina, graças a disponibilidade de Joaquim.

Manacapuru, AM… [ASN] “Consegui estudar apenas até a 3ª série, não tive muito incentivo, e logo comecei a viajar de barco com meu pai. Passado alguns anos passei a ter interesse pela leitura da Bíblia, mas no início não entendia muita coisa. Sempre fui uma pessoa muito curiosa e tinha o desejo de conhecer e me aprofundar mais no conhecimento bíblico. E agora, desde após a minha conversão na Igreja Adventista do Sétimo Dia estou tendo a oportunidade de aprender, por meio do estudo da Bíblia e da lição da Escola Sabatina ”, é o que conta o morador da comunidade Costa do Canabuoca, localizada no interior da cidade de Manacapuru (AM), Joaquim Maciel.

Maciel trabalha na agricultura e com vendas de mercadoria e sua rotina diária inicia antes de clarear o dia. “Levanto cedo e já faço meu culto, minha alimentação espiritual é a prioridade. E, quando por algum motivo, ou imprevisto não consigo ter meu momento devocional, sinto algo estranho, é como se algo estivesse fazendo falta. Posso afirmar, que minha principal fonte de conhecimento partiu destes estudos profundos”, explica Maciel.

Fazem sete anos que Maciel se tornou um fiel da Igreja Adventista, e atualmente ele exerce seu ministério também como professor da Escola Sabatina. Desde que adotou o hábito da leitura diária da Bíblia e da lição da Escola Sabatina, ele ressalta que aprendeu muitas coisas interessantes e seu desejo sempre foi de compartilhar com as pessoas o seu conhecimento. “ Por isso, eu incentivo aos alunos das classes da Escola Sabatina a estudarem diariamente a lição. Mas como na nossa comunidade o correio não realiza entrega de correspondências ou outros materiais, muitos tinham dificuldade para adquirir a assinatura ou até mesmo o exemplar avulso. Diante disso, há três anos, eu tomei a decisão de me deslocar de três em três mês até a cidade para buscar as lições do trimestre para a maioria dos fiéis da igreja”, complementa.

Incentivo ao conhecimento

O líder da região, pastor Disraeli de Almeida, afirma que essa sede de aprender é o que mantém e fortalece a vida de um cristão. “ Neste caso, por exemplo, mesmo sem ter muito estudo, ele começou a buscar, aprender, e a partir do seu crescimento, sentiu o desejo e a disposição de compartilhar conhecimento, e seu desprendimento em facilitar para que os fiéis adquiram sua lição, é algo incrível e muito louvável. Muitas vezes Maciel vai até a cidade, traz as lições e quando algumas pessoas não têm condições de pagar, ele as presenteia, pois compreendeu que o fortalecimento espiritual das pessoas é o que faz a diferença na caminhada cristã ”, enfatiza.

Para dar um maior suporte para a igreja local, Maciel mudou até mesmo sua rotina de trabalho, como passa o maior tempo durante a semana fora da comunidade, ele alterou seu itinerário de viagens para que todas as quartas-feiras, sábados e domingos possa estar na comunidade. O segredo da comunhão cristã é continuar buscando, estudando, incentivando e compartilhando as verdades bíblicas”, completa Maciel.

Na manhã desta sexta-feira, 02, os colaboradores da sede administrativa para a região Noroeste do Brasil participaram do lançamento do projeto Maná. De acordo com o líder de Escola Sabatina para toda a região, pastor Tiago Souza, a meta neste ano durante o período do Mutirão de Assinaturas, é alcançar o número de 37 mil assinaturas. ” O guia de estudo é uma forma de fortalecer a comunhão de cada um de nós, por isso, motivamos os fiéis a participarem desta grande mobilização”, conclui.

Confira algumas imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox