Notícias Adventistas

Grupo de doadores de sangue totaliza cerca de 7 mil participantes

No Dia Mundial do Doador de Sangue conheça esse projeto de voluntários que salvam vidas.

Luz Francy (ao centro) com voluntários de Franca. Foto: colaborador local

Luz Francy (ao centro) com voluntários de Franca. Foto: colaborador local

Franca, SP… [ASN] Luz Francy Quiroz todo sábado acorda cedo. Às 7h da manhã ela tem um compromisso inadiável: coordenar uma equipe de voluntários que doam sangue em Franca, no interior de São Paulo. São cerca de 15 a 20 doadores que semanalmente vão ao hemocentro para fazer parte da equipe solidária de Francy. O trabalho é constante para não sobrecarregar o hemocentro com todas as doações de uma vez e para manter os estoques, já que o sangue tem prazo de validade.

O grupo conhecido como “Doadores ADV” já é bem conhecido no hemocentro. Por ano o hemocentro de Franca recebe cerca de 720 doações do grupo, que realiza três grandes campanhas por ano. Mesmo que Luz não seja mais doadora, por motivos de saúde, ela não mede esforços para conseguir doadores. “Faço esse projeto com amor. Busco incansavelmente por doadores porque amo a vida”, explica. (Luz Francy – ao centro – com um grupo de doadores)
História
A iniciativa já existe há quatro anos em Franca, mas a história “Doadores ADV” começou na capital há 17 anos. O sobrinho de Luz, Carlos foi diagnosticado com leucemia. O menino de apenas 11 anos precisava de muitos doadores, assim a família se mobilizou para doar. Depois alguns amigos entraram na corrente solidária.
“Infelizmente Carlos não resistiu e morreu, mas percebemos com a ação que precisávamos fazer um mutirão para doar sangue”, lembra Luz Francy. O primeiro local a receber as doações foi o hospital Sírio Libanês, onde Carlos fazia o tratamento. Aos poucos o trabalho se espalhou e ficou conhecido em outros bancos de sangue do estado de São Paulo.
Mesmo com a mudança de Luz Francy para Franca, seu irmão Alfredo Quiroz continua empenhado com um grupo em São Paulo. Em 2015, a equipe recebeu uma placa de homenagem do Hospital Sírio Libanês pela marca de 5 mil doações. Em 2016 a meta é chegar a 7 mil doações. O projeto Doadores ADV atualmente conta com células em Brasília, Campinas, Rio de Janeiro, São Paulo e Franca. [Equipe ASN, Suellen Timm] 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox