Notícias Adventistas

Campanha premia melhor logo do Campori Sul-Americano

Concurso faz parte dos preparativos do maior campori realizado pela Igreja Adventista, com desbravadores, no mundo.

 

Último evento dos desbravadores reuniu mais de 35 mil participantes em São Paulo.

Último evento dos desbravadores reuniu mais de 35 mil participantes em São Paulo

Brasília, DF…[ASN] Está aberta a campanha Logo do Campori Sul-Americano, criada para premiar a melhor ideia de logo para o V Campori de Desbravadores da Igreja Adventista na América do Sul. O evento será realizado nos dias 8 a 13 de janeiro de 2019 em Barretos, São Paulo. Podem participar do concurso apenas desbravadores de 10 a 15 anos, inscritos em um Clube de Desbravadores e cadastrados no Sistema de Gerenciamento de Clubes, SGC. A campanha teve início no dia 12 de maio e vai até o dia 12 de junho de 2016. A análise e seleção das artes serão feitas entre os dias 13 e 17 de junho deste ano, e no dia 30 de junho será anunciado o vencedor.

Leia também:

Antes de fazer o desenho o participante deve estar atento às instruções da criação. A figura não precisa estar em alta qualidade, com as cores definidas ou detalhes já finalizados. Serão aceitos rascunho ou desenho básico da ideia, desde que siga as informações contidas nas instruções de criação.

Para participar é necessário preencher o cadastro completo com nome, idade, e-mail, telefone, nome do clube, estado ou país onde mora. O concorrente pode enviar no máximo até 3 propostas de logo, e contar com a ajuda de terceiros, desde que devidamente mencionados na inscrição.

Não será permitido usar imagens já publicadas na internet e que não sejam de autoria do participante. O prêmio não poderá ser dividido entre mais de um desbravador. O anúncio do vencedor será apresentado no Facebook e na página oficial dos Desbravadores na América do Sul.

O campeão poderá participar de graça do V Campori da Divisão Sul-Americano e irá ganhar as passagens de ida e volta, ou das despesas eventualmente contratadas para o transporte até o local do evento, a cidade de Barretos, no interior de São Paulo. De acordo com o pastor Udolcy Zukowski, diretor do Ministério de Desbravadores da Igreja Adventista para oito países da América do Sul, o preço a pagar pelo desenvolvimento de uma arte profissional para o logo do Campori com certeza seria o procedimento mais simples. “Isso mostra que queremos valorizar nossos adolescentes nos clubes e motivá-los a desenvolver novas habilidades”, conclui. [Equipe ASN, Silaine Bohry]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox