Notícias Adventistas

Adventistas reforçam o compromisso da comunhão diária com Deus

Em Goiás, pessoas reforçaram o compromisso do relacionamento com Deus e oraram em locais públicos durante os 10 Dias de Oração.

Goiânia, GO… [ASN] A comunhão diária com Deus tem feito a diferença na vida de Urbano Antônio de Oliveira. Ele é adventista há dois anos e participou do projeto 10 Dias de Oração em sua igreja, participando dos cultos realizados a noite, e também em sua casa logo pela manhã.

Urbano faz parte dos mais de 26 mil adventistas que estiveram envolvidos no projeto 10 Dias de Oração em Goiás e agora participam da jornada espiritual de 40 dias chamada Primeiro Deus. “De um mês para cá Deus me despertou, um pouco antes dos 10 Dias de Oração, e me mostrou que eu precisava orar e meditar na Bíblia na primeira hora do dia, devido a correria com nossa loja, eu deixava para ler a tarde ou a noite, mas eu me sentia cansado e indisposto”, desabafa o comerciante.

Infelizmente essa é a mesma situação enfrentada por quase a metade dos fieis adventistas, que acabam meditando na Bíblia as vezes ou quase nunca, sendo que, apenas cerca de 37% dos adventistas na região Centro-Oeste meditam diariamente, segundo pesquisa realizada pela União Centro-Oeste Brasileira, sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Centro-Oeste.

Para Urbano de Oliveira, ler a Bíblia e também os livros proféticos da escritora Ellen White é uma necessidade, pois o avivamento espiritual vai se dar a partir do momento em que as pessoas se despertarem para isso. “Os 10 Dias de Oração me fez entender que o propósito de Deus para minha vida é busca-Lo e eu me lembrei das bênçãos que Ele me concedeu quando O busquei de todo o coração”, ressalta Oliveira.

Mudança de vida

Urbano reconhece como a oração e a busca pelo conhecimento bíblico pode transformar vidas.

Há mais ou menos sete anos, Urbano é dono de uma ferragista, mas no início deve muita dificuldade para manter o empreendimento. Ele tinha uma loja muito pequena e as coisas não iam bem. Estava com dificuldade para pagar os impostos e corria o risco de sair, inclusive, do regime tributário simples.

Durante esses momentos difíceis, ele conheceu um adventista que visitou a igreja evangélica da qual o empresário liderava há 15 anos. “Ele começou a se aproximar de nós e nós até deixavamos ele pregar algumas vezes. Desde então, eu comecei a visitar a Igreja Adventista, porque eu senti que era uma responsabilidade minha retribuir a visita dele. Foi onde Deus começou a confirmar o que eu já conhecia e apresentar a verdade que Ele queria me ensinar”, afirma Oliveira.

O Espírito Santo foi mostrando a verdade sobre o sábado e trabalhando no coração do comerciante. Urbano de Oliveira buscou forças na oração para a mudança que precisava fazer em sua vida. “Eu tinha o costume de subir um monte próximo a minha casa para orar e em determinada ocasião, enquanto eu subia, ouvi o inimigo falando ao meu ouvido dizendo: “Você está trabalhando todos os dias, sete dias por semana e já está difícil, imagina agora, que você quer fechar um dia.” Mas ali mesmo eu repreendi aqueles pensamentos e disse para mim mesmo que mesmo se fosse para eu ganhar milhões eu não voltaria atrás na minha decisão, mesmo sendo o sábado o melhor dia para vender, eu ia fechar, pois eu queria dar o melhor dia para Deus, eu quero dar o meu melhor a Ele sempre”, acrescenta.

Foi então que ele começou a guardar o sábado, mesmo antes de ser batizado. Depois disso, Deus só foi abrindo as portas. Ele recebeu uma proposta para colocar sua ferragista em um lugar melhor e maior. Para pagar o aluguel, o comerciante precisava exercitar a sua fé, a mesma fé que fez com que ele decidisse se entregar por completo a Deus através do batismo.

Hoje, ele tem um estabelecimento quatro vezes maior e também mais sabedoria para administrar os problemas que surgem.

Continuação da comunhão

Eleni Wordell apresentou a apostila da jornada de enriquecimento espiritual deste ano e ressaltou que seu objetivo é ensinar a meditar na Bíblia.

Urbano reconhece que tudo que ele tem são bênçãos de Deus, que são derramadas devido sua busca diária pela presença dEle em sua vida. “A graça de Deus tem contribuído para o que eu sou hoje. Agora vou continuar buscando essa força durante 40 dias na jornada espiritual Primeiro Deus”, destaca.

Eleni Wordell, diretora do Ministério da Mulher para toda a região Centro-Oeste, esteve em Goiânia, GO, juntamente com Graciela Hein, diretora do Ministério da Criança e Ministério do Adolescente, para fazer o lançamento do novo projeto de oração na IASD do Setor Coimbra.

De acordo com Eleni, a comunhão com Deus só vai ser contínua quando o princípio do discipulado for colocado em prática. “O mais importante é a continuidade dessa comunhão. O desafio do projeto é ter comunhão com Deus na primeira hora do dia e depois levar Jesus com você durante todo o dia. Essa é uma caminhada que nós só vamos vencer dando as mãos, ajudando uns aos outros, orando e meditando juntos na Palavra de Deus”, aconselha.

André Luís também recebeu um livro da Igreja Adventista.

Foi justamente com o propósito de estar unidos em oração que diversas Igrejas de Goiás saíram às ruas no último sábado para orar com a comunidade em locais públicos.

André Luís Amorim é autônomo e estava esperando a mãe se consultar em frente a um hospital estadual na cidade de Pirenópolis, GO, quando avistou uma tenda de oração que chamou sua atenção. “Eu achei muito interessante esse trabalho, por isso decidi orar, tem muita gente aqui precisando de uma oração, de um conforto”, parabeniza Amorim.

A essência da jornada de oração é preparar os fiéis da Igreja Adventista para o evangelismo da Semana Santa que acontece de 8 a 15 de abril. Além de incentivar que todos continuem sendo amigos de Deus, pois através desse relacionamento outras pessoas serão influenciadas positivamente. [Equipe ASN, Jéssica Veloso]

 

Veja Também

WordPress Image Lightbox