Notícias Adventistas

Transmissão na internet torna Campori de Desbravadores 13 vezes maior

Evento com 23 mil participantes já foi visto por mais de 300 mil nas redes sociais em quatro dias

transmissao na internet torna campori de desbravadores 13 vezes maior

Somente na noite da última sexta, 28, a transmissão teve alcance de mais de 500 mil pessoas

Barretos, SP… [ASN] A investidura de 119 líderes de desbravadores realizada na noite desta sexta, 28 de julho, foi celebrada com euforia pelos cerca de 23 mil participantes do sétimo Campori de Desbravadores do Estado de São Paulo (UCB – União Central Brasileira). No entanto, a tecnologia possibilitou que mais de 100 mil internautas acompanhasse e interagisse durante as duas horas e meia de programação. A celebração extrapolou os portões parque do Peão, em Barretos, local onde acontece o maior campori Brasileiro.

A transmissão começou na abertura do Campori, dia 25 de julho, e desde então, acontecem duas programações diárias. A primeira, pela manhã, é veiculada a partir das 7h50, exclusivamente pelo YouTube. A publicação também é divulgada no site oficial do evento. A segunda transmissão diária ocorre à noite, às 19h50, e também é veiculada no facebook dos adventistas em São Paulo e dos desbravadores. Desde então, as publicações juntas já atingiram 1,5 milhão de pessoas, sendo que mais de 300 mil internautas viram a programação.

Enquanto 23 mil pessoas puderam presenciar a investidura, mais de 100 mil pessoas acompanhavam pelas redes sociais

Planejamento

Para o diretor de comunicação da Igreja Adventista no estado de São Paulo, pastor Odailson Fonseca, esses números são o resultado de planejamento, investimento e trabalho em equipe. “Com as possibilidades extraordinárias da web, em uma única noite ultrapassamos quatro vezes o público que temos aqui, pelo número de internautas. Utilizamos a equipe que já trabalha nas várias frentes de comunicação da Igreja no Estado de São Paulo, investimos em equipamentos de captação, além de ter um planejamento estratégico de distribuição de conteúdo em vídeos on-demand, postagens nas redes sociais e matérias escritas”, explicou Fonseca.

Imagem feita com drone durante a abertura do Campori. Equipamentos ajudam a entregar transmissão com boa qualidade.

De acordo com coordenador de mídias sociais da Igreja Adventista em São Paulo, Robson Fonseca, os internautas que participam das transmissões em sua maioria são familiares e amigos dos participantes do acampamento, desbravadores que não puderam vir, outros apaixonados pelos movimento e o público que já acompanha as redes sociais oficiais da igreja em São Paulo.

Esse é caso de Ana Cieba, que mora em Indaiatuba, interior de São Paulo e é mãe da desbravadora Emanuela Cieba Franco, que está participando do Campori. Ela conta que, com exceção do programa de sábado pela manhã, assistiu todas as transmissões do evento. “Eu sinceramente agradeci a Deus por essa oportunidade. Quando estou conectada na programação eu choro, me emociono, como se eu estivesse sentada na arena com o clube.  É a oportunidade de fazer parte de algo inesquecível para a vida dessas crianças e isso não tem preço”, destacou a mãe.

Equipe de transmissão durante a programação. Mais de 20 profissionais dedicados para oferecer a internautas um pouco da experiência de estar no Campori.

Interação

Para incentivar os internautas a interagirem nas lives, Robson Fonseca explica que várias estratégias são realizadas. “Tentamos interagir com quem está assistindo pela internet, conversando diretamente com eles, oferecendo brindes do Campori. Eles se sentem ouvidos e podem ganhar uma recordação do evento.”

Apresentadora Glória Barreto em momento que anuncia ganhador de brinde na transmissão. Uma das estratégias é interagir com o público.

Mesmo sem conhecer os desbravadores, a internauta Débora Oliveira acompanha a programação direto de Matão, cidade no interior paulista. Após receber um livro que falava sobre esperança, passou a acompanhar as postagens da página Adventistas SP no facebook. Com o tempo, o interesse de Débora aumentou e ela passou a acompanhar outras redes sociais vinculadas aos adventistas. Sempre que recebe notificações de transmissões no facebook  Adventistas SP, ela participa.  “Eu acompanho as programações porque gosto das mensagens, dos louvores. Sinceramente, achei espetacular a quantidade de jovens cristãos acampados em Barretos. Como pode um evento reunir essa quantidade de jovens para aprender a fazer a vontade de Deus?”, contou, surpresa. Sobre a programação, Débora ainda acrescentou: “no primeiro dia o pastor pregou sobre a covardia e sobre os corajosos, é algo que eu estou passando pessoalmente e a palavra me deu muito ânimo.”

Imagem de divulgação das transmissões do Campori pelas redes sociais.

A programação continua

O Campori termina neste domingo, 30 de julho, por isso o diretor de comunicação deixou um convite para todos que gostam de assistir lives de conteúdo cristão. “Com tanta emoção e qualidade de transmissão, eu desafio você a não perder por nada nosso sábado à noite aqui da Arena de Barretos para o mundo. O melhor ainda está por vir. Hoje será o episódio final da série sobre Moisés na versão contemporânea, música com o Vocal Livre, os melhores quadros humorísticos no pré-show e, acima de tudo, uma super mensagem espiritual pra você. Certamente, o melhor Campori da vida destes desbravadores até aqui também se estenderá a grandiosos momentos que você ainda pode assistir com a gente. Fique on-line”, incentivou Odailson. [Equipe ASN, Gloria Barreto]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox