Notícias Adventistas

Pequeno Grupo se torna grupo organizado após os 10 dias de oração

Moradores da Vila Zequinha, no Novo Gama, GO, agora têm onde assistir aos cultos

Grupo finalizou os dias de oração com cerca de 40 participantes

Novo Gama, GO… {ASN} A Vila Zequinha acolhia cerca de quatro famílias adventistas, a igreja mais próxima ficava localizada há 3 km de lá. Eugênio de Souza conta que adorar a Deus em um templo era uma dificuldade para muitos membros. “Só eu tenho carro e não cabe todo mundo. Nosso bairro é perigoso, por isso os irmãos não conseguiam frequentar a igreja à noite”, explica.

Porém o projeto dos 10 dias de oração e 10 horas de jejum foi crucial para que esse problema fosse solucionado. Há dois meses, os adventistas da Vila Zequinha se reuniam em um pequeno grupo para adorar a Deus em um salão alugado, porém o número de participantes nunca passava de dez, o que era preocupante. “No domingo (05), antes de iniciar os 10 dias de oração, o pastor pregou apenas para mim e mais três pessoas. Naquela noite, tomamos o propósito de nos reunirmos todas as noites para orarmos, estudarmos a apostila do projeto e clamarmos a Deus para que mais pessoas do bairro fossem tocadas”, conta Eugênio.

Igrejas uniram oração com serviços gratuitos à comunidade

Com o passar dos dias, o número foi aumentando significativamente. Atualmente cerca de 40 pessoas têm se reunido no, agora, grupo organizado que pretende se tornar igreja. Mais da metade delas ainda não são adventistas. O pastor André Pereira diz que que o projeto de oração foi essencial para que o grupo se estabelecesse. “Foi o pontapé inicial para saber se era da vontade de Deus que a Igreja continuasse naquele local”, afirma.

No território do Distrito Federal e entorno, não foi apenas a Vila Zequinha que recebeu bênçãos através da oração. Neste ano, o foco foram ações externas, que envolvessem a comunidade local como no Sol Nascente, em Ceilândia, onde foi montada uma tenda de oração juntamente com aferimento de pressão no último sábado, 18. Lucilene Britis, coordenadora do projeto se diz emocionada ao ver os resultados das ações. “Vivemos um movimento intenso de oração que repercutiu com projetos que tocaram a vida dos nossos irmãos da igreja, e ações que impactaram a comunidade de várias formas como o sofá de oração, as dezenas de tendas, os serviços oferecidos, o plantio de novas igrejas, as vidas que foram seladas pelo batismo no decorrer desse período. O Céu se mobiliza e Deus age quando oramos. Orar é algo tão simples, mas ao mesmo tempo, tão poderoso e revolucionário”, se alegra. [Equipe ASN, Pâmela Meireles]

Confira mais atividades realizadas durante os 10 dias de oração e 10 horas de jejum:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox