Notícias Adventistas

Jornalistas adventistas de São Paulo se reúnem com propósito missionário

Primeiro encontro da classe contou com mais de 100 profissionais que atuam em diferentes frentes de trabalho

O apresentador do Bom Dia São Paulo, Rodrigo Bocardi, falou sobre como inovar no jornalismo sem perder a credibilidade.

O apresentador do Bom Dia São Paulo, Rodrigo Bocardi, falou sobre como inovar no jornalismo sem perder a credibilidade.

São Paulo, SP… [ASN] A Igreja Adventista no Estado de São Paulo reuniu cerca de 100 jornalistas da denominação em uma homenagem por ocasião do dia do jornalista, celebrado na última quinta-feira, 7 de abril. No grupo, havia profissionais que atuam tanto em veículos de comunicação do mercado e da Igreja (sedes administrativas da Igreja Adventista no Estado de São Paulo, Rede Novo Tempo de Comunicação, Casa Publicadora Brasileira), além de professores do curso de Jornalismo do Unasp (Centro Universitário Adventista de São Paulo). Foi a primeira vez na história da Igreja que um evento específico para jornalistas reuniu mais de 100 profissionais.

  • Leia também:

Era digital abre novas possibilidades à pregação do evangelho

Durante o encontro foi criada de forma oficial a Redação dos Jornalistas Adventistas do Estado de São Paulo (red7sp), que já tem mais de 120 profissionais de imprensa filiados. Eles poderão dar sugestões para as ações e projetos da Igreja, além de receberem com antecedência sugestões de notícias (releases) para a possível publicação nos veículos em que atuam. Os jornalistas também receberão as principais notícias que saírem na imprensa tradicional relacionadas à Igreja Adventista.

Para o pastor Odailson Fonseca, diretor de Comunicação da Igreja Adventista no Estado de São Paulo, a Igreja é uma fonte de notícias boas e elas já aparecem de forma muito positiva nos veículos denominacionais. No entanto, ele crê que o grande desafio é integrar os jornalistas adventistas para concretizar o potencial de alcance das boas ações e histórias nas quais os fiéis são protagonistas. “Se o maior valor de um jornalista é a verdade, este projeto visa potencializar a força dos profissionais de imprensa na missão da maior das verdades: a Volta de Jesus”, afirma.

Homenagem

A atuação de jornalistas de forma intencional no contexto da Igreja Adventista no Brasil é recente. Há pouco mais de 50 anos não havia nenhum jornalista adventista diplomado. O primeiro foi Artur de Souza Valle, que obteve o diploma pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em 1966, e que mais tarde assumiria a direção da comunicação adventista em oito países sul-americanos até seu falecimento, em 1983. Depois dele, outros jornalistas também desenvolveram o trabalho pioneiro na comunicação adventista.

Da esquerda para a direita, Rubens Lessa, Assad Bechara e Siloé Almeida.

Da esquerda para a direita, Rubens Lessa, Assad Bechara e Siloé Almeida.

Durante o encontro do jornalistas adventistas que atuam no Estado de São Paulo, três jornalistas foram homenageados com o Troféu Artur de Souza Valle como gratidão por darem os primeiros passos do jornalismo adventista: Assad Bechara, Siloé Almeida – substitutos de Souza Valle na direção da comunicação adventista em oito países sul-americanos – e Rubens Lessa, jornalista que atuou por 36 anos como redator-chefe da Casa Publicadora Brasileira.

Com o passar do tempo, a comunicação na Igreja, de modo geral, consolidou-se e hoje é uma forte aliada aos inúmeros projetos desenvolvidos por seus departamentos. Sobretudo, agora a comunicação já promove seus próprios eventos como, por exemplo, o red7sp. Para isso, somente no Estado de São Paulo, existem 19 jornalistas atuando nas áreas de social media e assessoria de imprensa.

Perspectivas do futuro

Além das homenagens, o encontro também tratou das perspectivas do jornalismo. Rodrigo Bocardi, apresentador da Rede Globo, compartilhou algumas experiências da carreira e contou como tem conduzido as inovações no Bom Dia São Paulo, telejornal matinal que apresenta há cerca de 3 anos.

Cerca de 100 profissionais se reuniram no 1º Encontro de Jornalistas Adventistas do Estado de São Paulo.

Cerca de 100 profissionais se reuniram no 1º Encontro de Jornalistas Adventistas do Estado de São Paulo.

Contudo, durante o encontro os participantes não tiveram apenas orientações técnicas. Após as explicações, o pastor Odailson conduziu um momento espiritual, no qual incentivou os participantes a se envolverem com o evangelismo individual, uma das ênfases da Igreja Adventista em oito países sul-americanos.

Alguns jornalistas prontamente demonstraram o interesse em utilizar os dons da profissão na missão evangelística. Formada em Jornalismo pelo Unasp, a jornalista Jhenifer Costa, viu no red7sp uma oportunidade de unir missão à profissão. “Um dos momentos mais importantes que presenciei no evento foi o comprometimento de tantos jornalistas em ajudar na pregação do evangelho por meio da profissão. Isso é essencialmente a dedicação dos nossos talentos para Deus – quer você trabalhe para a Igreja ou não”, finaliza. [Equipe ASN, Lucas Rocha]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox