Notícias Adventistas

Declaração adventista reforça uso de filmes na missão

Igreja ressalta o papel dos filmes na pregação do evangelho

Cena do filme Como tudo começou, produção sobre a história do adventismo. (Foto: Reprodução / Como tudo começou}

Cena do filme Como tudo começou, produção sobre a história do adventismo. (Foto: Reprodução / Como tudo começou}

Brasília, DF … [ASN] A Igreja Adventista do Sétimo Dia divulgou nesta terça-feira, 25, uma declaração sobre o uso de filmes para cumprimento da missão. O material contextualiza o uso dos meios de comunicação ao longo da história do movimento adventista e posteriormente com a organização da Igreja Adventista do Sétimo Dia em 1863. Isso inclui, também, as produções audiovisuais como os filmes.

O material, na íntegra, pode ser lido aqui.

Leia também:

Segundo essa ótica, esse tipo de recurso midiático, por parte da Igreja, é um forte e estratégico apoio na pregação do evangelho, ou seja, a missão da organização. A declaração, também, esclarece aspectos relacionados a recentes produções nessa área e seus objetivos.

Em determinado trecho, o comunicado diz que “os pioneiros adventistas entendiam que Deus escolheu comunicar mensagens importantes sobre o futuro por meio da descrição de símbolos e imagens nas profecias de Daniel e Apocalipse. Portanto, era natural que eles entendessem que as imagens, assim como o texto, consistiam num meio apropriado para explicar a Bíblia, haja vista que preservavam as características originais das figuras presentes na revelação profética”. [Equipe ASN, da redação]

Veja recente lançamento chamado Como tudo começou:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox