Notícias Adventistas

Agência de notícias abre canal para sugestões de pauta

Agência adventista de notícias quer ouvir sugestões e ideias dos internautas para se aproximar mais de quem consome a informação

Agência adventista possui mais de 80 colaboradores em mais de 10 países.

Agência adventista possui mais de 80 colaboradores em mais de 10 países.

Brasília, DF… [ASN] Em tempos de massivo uso de redes sociais, muitas empresas de comunicação tentam tirar proveito desse fenômeno da tecnologia digital para saber o que pensa e o que deseja o internauta. Pesquisas mostram que o Brasil lidera em número de usuários de redes sociais na América Latina, segundo um estudo recente da consultoria eMarketer. De acordo com a empresa, o País possui cerca de 93,2 milhões de usuários de redes sociais, bem mais do que o segundo colocado no ranking, o México (56 milhões de usuários), seguido de longe pela Argentina (21,7 milhões).

Por conta disso, o Portal Adventista abriu um canal direto para receber sugestões de pauta das pessoas que acessam regularmente a área de Notícias do site. A iniciativa, chamada Colaborador ASN, tem dois objetivos bem claros. O primeiro é o de escutar mais as sugestões de quem consome informação e acompanha ações, projetos e programas realizados nas suas regiões e que interessam à linha editorial da Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN). A outra razão é conhecer melhor o perfil do público que aprecia as notícias e artigos opinativos da equipe de colunistas.

Formulário é uma forma de criar conexão da Agência com os internautas.

Formulário é uma forma de criar conexão da Agência com os internautas.

“É muito importante frisar que o projeto Colaborador ASN não tem a intenção de substituir o trabalho jornalístico. Pelo contrário, é apenas uma forma de receber sugestões de pautas com maior rapidez e seguindo a lógica do uso cada vez maior das pessoas por canais de conversação direto com as organizações. Uma equipe de jornalistas, em oito países sul-americanos, fica responsável por avaliar cada sugestão e decidir se vale a pena dar encaminhamento para uma reportagem ou não”, esclarece Felipe Lemos, gerente da Assessoria de Comunicação da sede sul-americana adventista.

Para fazer a sugestão, basta acessar o formulário que permite, por exemplo, incluir fotos e até links de vídeos. A ASN frisa que não remunera os colaboradores que tiverem, porventura, suas pautas utilizadas. [Equipe ASN, da redação]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox