Notícias Adventistas

Luz atrás das grades

Aos 76 anos Dona Francisca não deixa de realizar estudos bíblicos no presídio.

Espigão d’Oeste, RO … [ASN] Francisca Reizer, e o seu esposo, Elias da Silva, todas às quinta-feira das 9h às 11h, e aos sábados das 14 às 16horas tem a mesma rotina que já dura 10 anos. Eles realizam um trabalho diferenciado no presídio da cidade de Espigão d’Oeste, RO. Francisca conta que começou a fazer esse trabalho após os obreiros da igreja local mudarem de cidade, e não tinha ninguém para fazer as visitas. “Eles fizeram eu prometer que eu daria continuidade ao trabalho no presídio”, complementa.

“Minha mãe sempre foi missionária, então nunca foi surpresa ela dar estudo bíblico, mas nunca esperávamos que ela trabalharia no presídio. No primeiro instante eu acompanhava ela, mas depois comecei a ficar despreocupada, sei que ela vai deixar de evangelizar só quando morrer”, comenta a filha Marilza Mota.

Luciane Silva, é uma das mulheres que recebeu estudo bíblico de Francisca. E ela pediu para o seu namorado, na época, José Lourenço que também estava encarcerado recebesse o estudo bíblico. Após o estudo, decidiram juntos pelo batismo e logo depois casaram.

Porém, eles não tinham onde morar, e Francisca mais uma vez, demonstrou seu amor, oferecendo a sua casa para o casal. “Eu já me sentia como se ela fosse uma mãe para mim, e depois que ela abriu as portas da casa dela, aí o meu amor por ela só aumentou”, ressalta Luciane.

Hoje, Luciane está gravida de cinco meses e seu marido está aguardando o julgamento em casa. Ele trabalha na Associação de Proteção aos Condenados (APAC), método que ajuda na ressocialização do individuo que esteve encarcerado. [ Equipe ASN, Quelen Cruz]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox