Notícias Adventistas

Psicóloga reafirma conselhos bíblicos através da ciência

SDB_0614

Mulheres participaram de encontro para falar sobre saúde mental. [Marcos Lima]

Brasília, DF… [ASN] Na noite de ontem, 18 de julho, e de domingo, 17 de julho, a psicóloga Rosana Alves, PhD em neurociência, palestrou para mais de 300 mulheres nas igrejas adventistas do sétimo dia de Taguatinga Norte e Estância I, em Planaltina Oeste.

A psicóloga falou sobre a importância da auto estima para que uma pessoa possa cuidar da outra. “A Bíblia fala ‘ame ao próximo como a ti mesmo’. Se eu não souber o que é amor por alguém que é tão importante para mim, que sou eu mesmo, como posso amar os outros? Não tem a ver com amor egoísta, tem a ver com o senso da importância do ser humano, com o fato de termos sido criados a imagem de Deus. Então esse ser humano tem que ser respeitado”, afirma Rosana.

Segundo a psicóloga, é na oração que as pessoas encontram o senso de importância de sua existência. “Isso traz um conforto emocional sem precedentes. Tanto que têm pesquisas muito importantes mostrando que a fissura de drogas altamente perigosas, como o crack, pode passar com uma oração. Existe um estudo muito interessante da Escola Paulista de Medicina mostrando isso”, diz.

Rosana ainda falou sobre como os conselhos bíblicos sobre comportamento são comprovados pela ciência. “Tudo que nós falamos como cristãos faz bem para a saúde mental. É comprovado que a oração vai atingir áreas do cérebro que estão envolvidas com recompensa, prazer, relaxamento, que podem gerar, inclusive, novos neurônios”, conta. Em um mundo em que relacionamentos tem se tornado cada vez mais descartáveis, o que vai de encontro com o que é pregado na Palavra de Deus, Rosana acrescenta: “a própria ciência mostra que a troca constante de relacionamentos vicia. Ao invés de você estar produzindo oxitocina, que é o hormônio que nos traz o bem estar, ele vai diminuindo no nosso organismo”.

Lucilene Britis, diretora do Ministério da Mulher no Planalto Central, convidou Rosana para a programação, pois acredita que a saúde mental está totalmente relacionada a saúde física e vice versa. “Deus nos criou como  seres integrais e coletivos. Assim, quanto mais conhecermos sobre o poder  dos nossos pensamentos sobre nossas escolhas, ações, reações, palavras mais condições teremos de ser pessoas saudáveis e equilibradas. Oro para que estes temas abordados façam a diferença na vida de muitas pessoas”, conclui. [Equipe ASN, Pâmela Meireles]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox