Notícias Adventistas

Psicólogos explicam a importância da oração em tarde de bate-papo no MS

Para finalizar os Dez Dias de Oração, igreja de Campo Grande promoveu tarde de interação entre psicólogos e membros sobre o tema.

Campo Grande, MS…[ASN] “E Jesus contou-lhes uma parábola, sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecer”, essa verdade bíblica encontra-se no primeiro verso do capítulo 18 do livro de Lucas. Não por coincidência, reflete com exatidão o tema da campanha “Dez Dias de Oração e Dez Horas de Jejum”, ambas finalizadas no último Sábado (28).

A importância da oração para o bom desenvolvimento da vida cristã já é antiga conhecida dos membros da igreja. Mas e do ponto de vista científico? Para unir um conceito ao outro e com o objetivo de mostrar que a oração faz a diferença até mesmo na vida de pessoas que não têm crença ou religião definidos, a igreja do bairro Universitário, de Campo Grande (MS), promoveu um ciclo de palestras com psicólogos cristãos enfatizando o poder da oração para a mente humana.

Psicólogo Carlos Heber palestra sobre a "Oração do Povo de Israel".

Psicólogo Carlos Heber palestra sobre a “Oração do Povo de Israel”.

“Esse programa virou uma espécie de tradição na igreja e teve início na campanha de 2014 com o objetivo de acontecer anualmente. Convidamos sempre quatro palestrantes para o ciclo no período da tarde que a cada vez deverão explicar aos membros porque é importante uma vida de oração”, comenta Daniele Drumond, líder do Ministério da Mulher (IASD Universitário).

Abrindo o ciclo de palestras a psicóloga Eleni Soares falou sobre o relacionamento entre homem e Deus e o relacionamento entre o homem e seu próximo – assunto abordado durante os dez dias – e ressaltou a eficácia da oração para desenvolver bem esses dois relacionamentos que são “a base para uma vida plena”, ressalta.

Em seguida, o juiz aposentado João Alberto Gomes explicou aos membros porque sua visão sobre oração e comunhão com Deus mudou após uma viagem à Jerusalém e ter visto de perto qual sua importância para a vida cristã.

Fechando o ciclo de palestras o pastor Vinicius Marqueto, capelão do Centro de Vida Saudável (CVS), falou sobre a volta de Jesus e qual o papel do cristão no cumprimento da missão. Em seguida, o psicólogo Carlos Heber palestrou sobre “A oração do povo de Israel” e o que os cristãos podem aprender com essa lição. “Hoje quando analisamos o meio social, vemos que a sociedade vive em um meio volátil, ou seja, tudo pode mudar muito rápido. Por outro lado, na contrapartida das dificuldades desse mundo, temos um povo que tinha atitudes de oração para se resignar, porque sabiam que diante dessas instabilidades eles estavam ao lado da rocha, que é Cristo. A oração predicativa é a consequência daquilo que Deus responde pra gente e é como devemos viver hoje”, pontua Carlos.

Pastor Vinicius Marqueto, capelão do Centro de Vida Saudável, fala sobre a importância da oração para o desenvolvimento da vida cristã.

Pastor Vinicius Marqueto, capelão do Centro de Vida Saudável, fala sobre a importância da oração para o desenvolvimento da vida cristã.

Programação

“Durante a campanha a igreja se reuniu das 5h30 às 6h, todos os dias, para orar e buscar a Deus nas primeiras horas da manhã e percebemos a diferença que isso traz ao longo do dia”, lembra Josiane Gomes, diretora-associada Jovem (IASD Universitário).

De acordo com a liderança da igreja, como as palestras foram feitas de maneira dinâmica e alternando o estilo de pessoa que fala à igreja – ao invés de apenas pastores ou líderes – a igreja ouviu psicólogos sobre um tema fundamental para o seu bom desenvolvimento: a oração. “Percebemos que tudo o que propomos aqui como reflexão foi absorvido melhor e também há um outro nível de compreensão por parte dos membros”, opina Daniele, líder do Ministério da Mulher (IASD Universitário).

Interior

Em Corumbá, quem passasse diariamente pelas praças ficaria surpreso com as tendas de oração montadas em pontos estratégicos da cidade. Durante os dez dias da campanha os cartazes com os dizeres “Posso orar por você?” atraiu diversas pessoas com pedidos de oração dos mais diversos possíveis. “Montamos uma tenda grande na Praça da Independência – principal praça da cidade – e todos os dias iniciávamos a reunião no local com louvor e violão às 6h, em seguida fazíamos a leitura da revista de oração e dia a pós dia apareciam mais e mais pessoas em nosso círculo na praça”, conta a administradora Nina Miranda.

Culto matinal na principal praça de Corumbá-MS, realizado durante toda a semana da campanha para evangelizar a população.

Culto matinal na principal praça de Corumbá-MS, realizado durante toda a semana da campanha para evangelizar a população.

Relacionamento e Missão

Após o primeiro contato com as pessoas na praça, os membros criavam um relacionamento e as convidavam para entrar na tenda, onde o pastor orava por cada um deles de maneira especial, dando a atenção que cada pessoa ali buscava. “Encerramos a nossa semana no Sábado, às 18h, na igreja após as dez horas de jejum, com santa ceia e, ao final, o desjejum frugal”, comenta Nina, ao relembrar com carinho o período de dedicação intensa à oração e os resultados da semana organizada pelo pastor local, Orlando Filho, em parceria com a distrital do Ministério da Mulher, Iris Miranda. “O coração está repleto de alegria e a certeza da comunhão com Cristo”, conclui. [Equipe ASN, Rebeca Silvestrin]

Fotos: Deivison Pedrê e Nina Miranda.

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox