Notícias Adventistas

Projeto quer chegar a 1 milhão e 200 mil assinaturas da lição

Escola Sabatina é um dos mais antigos departamentos da igreja e tem função estratégica por conta do estudo da lição bíblica

Lição da Escola Sabatina é traduzida para centenas de idiomas no planeta. Foto: Reprodução Youtube

Brasília, DF … [ASN] Considerada um dos principais e mais antigos produtos mundiais da Igreja Adventista, a lição da Escola Sabatina é objeto do maior interesse da liderança da Igreja. A meta proposta pela sede sul-americana adventista é a de, em 2018, chegar a mais de 1 milhão e 200 mil assinaturas do material (contando apenas assinaturas do material impresso e não no formato digital). Hoje são contabilizadas 1 milhão e 97 mil assinaturas. A expectativa, portanto, é de uma elevação de até 10%. A lição da Escola Sabatina é um guia de estudos temáticos da Bíblia Sagrada preparada por teólogos de todo o planeta. Os temas variam a cada três meses.

Atualmente os adventistas estudam detalhadamente as duas cartas do apóstolo Pedro. A ação de incremento das assinaturas está essencialmente ligada a um projeto chamado Maná. O nome do projeto é uma alusão alimento que, conforme o livro de Êxodo, servia de sustento para o antigo povo peregrino de Israel durante o período em que perambulava pelo deserto guiado por Deus.

Os dados mostram que há um crescimento do número de pessoas que assinam o material, ou seja, não compram de forma avulsa. Na comparação entre 2016 e 2017, houve um incremento na ordem de 5,16% no território atendido pela Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista. Somente no Brasil, esse aumento de assinaturas chegou a 3,8% e, em sete países sul-americanos onde houve esse monitoramento, o registro do índice de crescimento foi de 8,1%.

Aliás, nos países de fala hispana, uma novidade está programada para o mês de julho. O diretor sul-americano do departamento de Escola Sabatina, pastor Edison Choque, informa que está previsto o lançamento de um aplicativo, em espanhol, até o dia 12 de julho para quem desejar baixar o conteúdo e estudar a lição por meio do seu smartphone. No Brasil, o aplicativo em português já existe há alguns anos e é comercializado pela Casa Publicadora Brasileira, editora adventista.

Veja esse vídeo sobre o lançamento do projeto Maná:

Choque ressalta que a leitura e o estudo aprofundados da lição da Escola Sabatina remetem à própria história e identidade da denominação religiosa. O movimento que deu origem à Igreja Adventista, no final do século 19, privilegiou sempre o estudo da Bíblia Sagrada como fundamental. “O projeto Maná não consiste apenas na aquisição de exemplares da lição, mas no estudo diário. É algo que vai nutrir nossa vida todos os dias”, ressalta o líder.

Nesse sábado, ocorre o lançamento oficial do projeto Maná para a edição 2017, mas os escritórios regionais adventistas estão definindo datas específicas em que farão mutirões de incentivo à assinatura do material. [Equipe ASN, da redação]

Veja aqui alguns vídeos onde há comentários sobre a lição da Escola Sabatina:


Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox