Notícias Adventistas

Livro fala sobre a perfeição na vida cristã

Eu costumava ser perfeito esclarece de forma didática o significado do pecado e perfeição no dia a dia do cristão

Livro detalha o significado prático do pecado e como alcançar a salvação unicamente em CristoLivro detalha o significado prático do pecado e como alcançar a salvação unicamente em Cristo

Engenheiro Coelho, SP … [ASN] Falar sobre pecado ainda é um grande tabu. Muitas dúvidas, diversos questionamentos e, por vezes, pouca informação. Isso se deve principalmente à crença de que deveríamos ser perfeitos e de que cada pecado nos afasta mais e mais de Deus. Nem todos ficam à vontade para debater a questão e confessar que comentem erros a cada dia o que, infelizmente, faz parte da natureza humana.

Leia também: 

Esse não é o caso do autor americano, e doutor em Teologia, George Knight. No livro Eu costumava ser perfeito, ele detalha o significado prático do pecado e como alcançar a salvação unicamente em Cristo. E mostra que, para isso, não precisamos ser perfeitos, temos apenas que viver como Jesus viveu: pelo amor.

Em uma leitura dinâmica e, por vezes, divertida com alusões surpreendentes, Knight aborda, em seis capítulos, argumentos que explanam diferentes nuances relacionados ao cotidiano cristão. Em sua inédita edição em português o autor esclarece que o livro é uma produção fruto de experiências pessoais que culminaram em sua conversão e aceitação plena dos planos de Deus para a sua vida. “Eu creio que será uma bênção aos leitores de língua portuguesa”, adianta. E essa benção ocorre principalmente quando tira de nós um peso tão grande como a responsabilidade de sermos perfeitos para, então, Jesus nos aceitar.

O autor mostra que o processo da salvação é o contrário disso: Jesus nos aceita primeiro para, apenas depois, nos ajudar em nossa jornada rumo à perfeição. Que será completa apenas na eternidade. A obra será lançada neste mês pela Unaspress (editora universitária do Unasp) e é uma das importantes novidades do ano. A relevância da temática é tanta que um membro de uma igreja adventista decidiu doar 2.500 exemplares a pastores de todo o Brasil para que eles tenham o material e se capacitem a falar mais sobre o assunto em suas comunidades.

Knight já escreveu mais de 40 livros, dentre os quais nove traduzidos em português, sendo seis pela Casa Publicadora Brasileira (CPB) e três pela Unaspress. Entre suas publicações, destacam-se A mensagem de 1888 (clássico adventista que aborda a justificação pela fé) e Mitos no adventista (que esclarecem alguns equívocos interpretativos sobre os escritos de Ellen White). Diante de todas as suas publicações, o próprio autor aponta Eu costumava ser perfeito como um dos seus preferidos. O livro já tem pré-venda disponível no site unaspstore.com.br. [Equipe ASN, Thiago Basílio]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox