Notícias Adventistas

Heresias sobre natureza de Cristo foram abordadas na primeira carta de João

Discussões que tratavam de Cristo e Sua condição divina e humana preocupavam o apóstolo João em sua mensagem.

Éfeso foi uma das regiões em que trabalhou intensamente o apóstolo João

Éfeso foi uma das regiões em que trabalhou intensamente o apóstolo João

Brasília, DF … [ASN] A primeira carta do apóstolo João, escrita provavelmente entre os anos 90 e 95 d.C, foi endereçada a um grupo de cristãos com quem o famoso seguidor de Cristo possuía uma certa familiaridade. Hoje milhões de pessoas iniciarão a leitura desse livro bíblico dentro do projeto Reavivados por Sua Palavra.

Na primeira carta de João, segundo o Comentário Bíblico Adventista, “o objetivo principal é pastoral. João escreve com amor a seus filhos espirituais para que possam estar preparados para viver a vida cristã. O amor é a nota dominante da epístola”.

Os estudiosos acreditam que a igreja cristã, no período da mensagem dada por João, sofria os abalos de heresias ensinadas por falsos mestres dentro do próprio grupo de fieis. Uma dessas heresias enfrentadas pela liderança cristã da época eram duas principais formas de gnosticismo: o docetismo e o cerintianismo. Ambas ensinavam um conhecimento sem Deus e questionavam a natureza de Cristo. De acordo com o Comentário Bíblico Adventista, “o docetismo negava a realidade da encarnação de Jesus e dizia que Cristo tinha um corpo humano apenas na aparência. A segunda heresia se originou em Cerinto, um dos contemporâneos de João, que, após estudar no Egito, ensinou na Ásia Menor e propagou os ensinamentos judaizantes. Ele defendia que Jesus era o filho natural de José e Maria e que Cristo entrou no corpo de Jesus em Seu batismo e Se retirou dele antes da crucifixão”. [Equipe ASN, da redação]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox