Notícias Adventistas

Juíza federal apoia e parabeniza trabalho de Clube de Aventureiros

Sua filha, Maria Teresa, participa ativamente do Clube de Aventeuriros Luzeirinhos, em Joaçaba, interior de Santa Catarina

Maria Teresa (esq.) ama o clube e é envolvida em todas as atividades.

Joaçaba, SC…[ASN] Não é necessário muitos passos para se chegar ao destino final de todo fim de semana. Bem ao lado da casa de Ana Cristina Silva e sua filha Maria Teresa de Oliveira, na cidade catarinense de Joaçaba, há uma congregação adventista onde funciona o Clube de Aventureiros Luzeirinhos. Observando a movimentação das crianças, o uniforme que elas usavam e as atividades realizadas, Ana Cristina demonstrou interesse em conhecer mais sobre aquela iniciativa e inscrever sua filha.

“Eu achei a proposta do clube muito interessante. Resolvi colocar a minha filha principalmente pelo fato de desenvolverem os valores cristãos. Eu sou católica, e fiquei muito feliz em saber que nesse lugar a minha filha ia cultivar esses valores e também desenvolver a cidadania”, explica a Ana Cristina, que é juíza da Primeira Vara Federal de Joaçaba e Diretora do Foro desta Subseção.

Elenice, diretora do clube que atende 53 crianças, e Maria Teresa.

E o instinto de mãe não falhou. Este é o segundo ano em que Maria Teresa é integrante do Clube de Aventureiros, e o envolvimento tem sido bem positivo. “A Maria Teresa é uma criança doce, meiga, alegre e super comprometida com aquilo que assume. Ela ama o Clube de Aventureiros e aproveita ao máximo as atividades propostas e o cumprimento dos requisitos das especialidades que realizamos”, conta Douglas Macedo, colaborador do Clube Luzeirinhos, junto à sua esposa, que é a diretora.

Esse envolvimento tem alcançado até a própria Ana, que, no final do ano passado, teve a oportunidade de participar do Aventuri, acampamento oficial dos Aventureiros que reúne diferentes clubes de uma localidade. A experiência de participar de um acampamento pela primeira vez foi marcante.

Experiência inesquecível

“Eu nunca tinha ido a um acampamento. Dormimos em barraca, participamos das atividades, fomos com todo mundo de ônibus, foi muito legal. A gente pôde ter uma noção de que os aventureiros não são só de Joaçaba, tinha gente de todo o Estado. E foi muito bonito de ver toda aquela congregação. São pessoas realmente de coração aberto, que querem fazer o trabalho para Deus e para a cidadania. A família acaba sendo contaminada também por esse espírito de amor e fraternidade que o clube exala. Eu sou muito grata pelo Clube de Aventureiros e faço votos para que esse trabalho continue”, elogia Ana

O espírito aventureiro também contagiou Ana, que participou do Aventuri junto com a filha

Neste sábado, 20 de maio, Maria Teresa e mais 11.348 Aventureiros de todo o Sul do Brasil, espalhados por 508 clubes, irão celebrar a sua data especial – o Dia do Aventureiro, comemorado em toda a América do Sul. Assim como na família de Ana, o clube tem feito a diferença na vida de muitas pessoas, sendo um ministério aberto para todos que têm interesse, como conta o líder dos Aventureiros no Sul do Brasil, pastor Aryel Marques.

“O Clube é um apoiador da família, que ajuda os pais a formar o nobre caráter das crianças. O mundo está hoje em oposição aos valores, mas o Clube de Aventureiros é um lugar que apoia a honestidade, o trabalho, a família. E nós temos um dia para celebrar tudo isso, pois uma igreja que apresenta ministérios voltados para as crianças é uma igreja viva e que está investindo no futuro”, enfatiza. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox