Notícias Adventistas

Campori de unidades reúne 400 desbravadores em Cacoal

Abertura foi feita por Edson Dávila, coordenador geral dos desbravadores que retratou a importância do Capitão e o valor da liderança para sociedade

Abertura do Campori de unidades no centro de exposição de Cacoal

Ji-Paraná, RO … [ASN] Nos dias 02 a 04 de novembro aconteceu o Campori de unidades da 4ª região, com o tema Jesus é meu Capitão, estavam presentes cerca de 400 desbravadores, o evento aconteceu no parque de exposições da cidade de Cacoal.

Raul Folle ( á dir), diretor do clube e professor que desenvolveu o projeto para as escolas

O diretor e professor Raul Folle do clube de desbravadores Dinamus, diz que seu clube começou ainda este ano. E com 28 desbravadores inscritos, ele conta que apresentou o projeto do clube ao diretor da escola, ele prontamente atendeu a proposta e depois disso muitos dos seus alunos que via em sala de aula também estão presente aos domingos de manhã. “Eu vejo que o clube de desbravadores tem um grande potencial para transformar esses meninos e meninas em pessoas com um grande caráter, uma das mães já veio nos agradecer, pois percebeu a melhora nas atitudes do filho. Então quando existe essa parceria entre escola e clube de desbravadores a comunidade só tem a ganhar, pois além de ensinar atividades de várias modalidades de especialidades como: costura, arte de acampar, astronomia e mais outras 400 especialidades, ensinamos amor ao próximo”, finaliza Raul.

Maria do Socorro Oliveira da Cruz, mãe de Priscila

Sua mãe, Maria do Socorro Oliveira da Cruz, 48 anos, não gostava do envolvimento da filha pois a igreja causava muita rejeição no mercado de trabalho por causa do sábado. Um dia a desbravadora convidou a mãe para acompanha-la em um acampamento, a mãe aceitou o convite, e toda programação do clube Maria estava presente, “eu comecei a gostar daquelas crianças com o passar do tempo elas se tornaram minha família também. Depois de vários domingos no clube, eu quis me batizar, mas eu precisava parar de fumar e beber”, comenta Maria.

Um dos sonhos de Priscila começou a se realizar no dia 22 de setembro quando sua mãe desceu as águas batismais, e para sua maior alegria foi saudada pelos desbravadores girando o lenço. Hoje, com 18 anos, Priscila conquistou o lenço de líder neste campori.

Priscila aguardando a investidura (da direita para a esquerda)

Segundo o líder dos jovens, pastor Rafael Felberg, o líder tem papel decisivo na vida de cada desbravador, “Seja na igreja ou na sociedade, o papel do líder é influenciar pessoas. Quando nos voltamos para o ministério de desbravadores, essa necessidade se potencializa, pois lidamos diretamente com juvenis e adolescentes que precisam de um referencial no presente, com um foco no futuro. Um líder influenciou a Priscila, e agora ela assume esse papel de influenciar outros para se tornarem também, grandes líderes”. [Equipe ASN, Quelen Priscila]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox