Notícias Adventistas

Aprovado logo oficial do Campori de Desbravadores sul-americano

São esperados cerca de 45 mil desbravadores de oito países da América do Sul para o megaevento que ocorrerá em janeiro de 2019

Concurso recebeu desenhos de oito países da América do Sul.

Brasília, DF… [ASN] Já foi definido o logo oficial do Campori sul-americano de 2019 de Desbravadores com o tema A melhor aventura. A escolha do emblema passou por um concurso que envolveu os desbravadores dos oito países sul-americanos. O vencedor foi o chileno Sebastian Leonardo Gabilán Gonzalez, de 13 anos, morador da cidade de Concepción. A imagem mostra dois membros do Clube indo em direção a uma montanha íngreme. Para concluir a caminhada,  eles dão as mãos a um líder que estende as mãos a Jesus. Para o pastor Udolcy  Zukowski, diretor do Ministério de Desbravadores na região, a imagem traduz a caminhada em direção ao céu que só pode ser concluída com apoio mútuo e confiança em Deus.

O pastor considera que o desenho do jovem Sebastian traduziu essa jornada de maneira muito fiel.  “A caminhada para o céu é uma aventura. O adolescente vai passar por dificuldades, como, por exemplo a rejeição dos amigos ou até mesmo da família. Mas ele terá pessoas que o apoiem na caminhada e o guiem até Jesus”, afirma. Segundo Zukowski, a ideia de deixar que juvenis e adolescentes participassem da conclusão do símbolo do evento faz parte da filosofia dos líderes de clubes de toda a América do Sul. “O evento é do desbravador, não dos líderes. Ninguém melhor que eles para traduzir o tema”, enfatiza.

Leia também:

Campori

O Campori deve receber cerca de 45 mil desbravadores entre os dias  8 e 13 de janeiro de 2019, em Barretos, interior de São Paulo. O evento terá como temática as grandes aventuras vividas pelo adolescente do século XXI como desbravador, como cidadão, como cristão, como missionário e cidadão ao reino do céu. Durante o evento, está prevista uma atividade em que serão consagrados alguns missionários, que auxiliarão nas Ilhas Malvinas (Falkland Islands) com o objetivo de auxiliar juvenis e adolescentes do local. O mapa de infraestrutura com locais de barracas, cozinhas, banheiros e outros já está pronto. O pastor Udolcy Zukowski comenta, ainda, que a organização do Campori tem a intenção de deixar na cidade um relógio solar que servirá como ponto turístico e deve ser inaugurado durante o acampamento [Equipe ASN, da Redação].

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox