Notícias Adventistas

Médico adventista instrui comunidade sobre vida saudável

 

Restaurando Saúde foi ministrado pelo médico coreano radicado no Brasil Jea Myung Yoo.Curitiba, PR…[ASN] Em busca de um estilo de vida saudável e de fortalecimento espiritual, cerca de 80 pessoas de diversos municípios deixaram suas atividades para participar, durante uma semana, do curso Restaurando Saúde, ministrado pelo médico coreano radicado no Brasil Jea Myung Yoo. O evento ocorreu entre os dias 29 de abril e 6 de maio no Hotel Estância Betânia, em Colombo.
Yoo trabalha com a utilização de recursos como o ar puro, a luz solar, abstinência, repouso, exercícios físicos, regime conveniente, uso da água e poder divino para a cura de doenças. Ele defende a ideia de que todas elas podem ser curadas, e não apenas tratadas. O médico defende que o que ocorre são alterações no corpo humano, o que se caracteriza em doenças. O que as elimina é a reversão daquilo que foi causado por fatores diversos mediante, também, a confiança em Deus, que como criador pode reestabelecer a saúde em seu estado natural.

Professora Maristela Oliveira: vida transformada por completo após encontro.

Por meio de evidências e estudos científicos, ele apresenta em seus seminários que o próprio corpo produz os elementos necessários para que as doenças sejam curadas. “O que fazemos sempre é focar que o criador é o verdadeiro médico. Ele sabe o que está alterado e ele pode restaurar”, explica Yoo. Em suas palestras, ele diz que um dos pontos importantes para o processo de restauração é a religação da criatura com o criador. “Não apenas para reestabelecer a saúde, mas para restaurar a imagem perdida e apresentar qual o seu plano para cada um de nós.”

Além de palestras em vários momentos do dia, o programa também é baseado na prática de exercícios físicos, reflexões, contato com a natureza e reavaliação de práticas cotidianas. Portanto, o médico foca as esferas física, mental e espiritual durante o encontro.

Fora do poço – Em 2011, a professora Maristela Palma de Oliveira era outra pessoa. Sofria de problemas emocionais e orgânicos, e os exames reforçavam cada vez mais seu diagnóstico. Sua pressão arterial tinha um quadro delicado e o uso de medicamentos era o que a ajudava a conviver com uma depressão profunda que durava 10 anos. Docente e pesquisadora do departamento de fisioterapia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), ela ficou maravilhada com o que aprendeu em um encontro apresentado por Yoo no ano passado.

Diante do que viu e ouviu, antes mesmo de ir embora do hotel, a professora deixou parte dos remédios que tomava e decidiu optar por um novo estilo de vida. “Saí de lá e minha pressão nunca mais subiu e segui tudo o que aprendi. E ainda mudei minha alimentação”, compartilha. E as alterações não ocorreram apenas com nos hábitos alimentares. Ela, que confessa que não tinha alegria e nenhum motivo para viver, está totalmente mudada.

O contato com as ideias do doutor Yoo também a ajudou a encontrar algo a mais. Poucos meses depois de participar do curso, a professora começou a estudar a Bíblia e foi batizada. “Eu nasci verdadeiramente quando encontrei os adventistas e o doutor. Fui curada, e não tratada”, assegura. Neste ano, ela participou da semana para testemunhar sobre as mudanças que ocorreram em sua vida desde então. “E também trouxe mais pessoas comigo para aprenderem e serem beneficiadas.” Agora, seu foco é ajudar outros que passavam pela mesma situação que ela.

Organizador do evento, o pastor Francisco Fonseca, diretor do departamento de saúde da Igreja Adventista para a região central do Paraná, percebe que as pessoas estão se interessando cada vez mais pela questão. Diante do volume de informações abordadas pelo doutor Yoo, Fonseca acredita que quem voltou novamente complementou aquilo que aprendeu no encontro anterior. “É uma semana em meio à natureza, com uma alimentação saudável e isso é muito importante quando as pessoas param suas atividades para experimentar esses benefícios”, aponta.

De acordo com ele, a dificuldade de viver um estilo de vida saudável está ligada diretamente à correria do dia a dia, por isso as pessoas optam por práticas mais fáceis. Mas mudar e alcançar resultados diferenciados é possível, garante ele. “Tenho orientado as pessoas a mudar de forma gradual”, sugere. E é isso que ele tem visto. Mudanças. [Equipe ASN, Jefferson Paradello]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox