Notícias Adventistas

Lançadas bases para igreja em região nobre da capital do Brasil

 

Pr. Magdiel Pérez, Ella Simmons, Pr. Marlon Lopes e Pr. Erton Köhler: sonho sul-americano de evangelismo nas grandes cidadesBrasília, DF … [ASN] A ênfase na evangelização das grandes cidades em 2013 contou com um ato significativo neste sábado à noite, 27, em Brasília. Com a presença de mais de 120 líderes adventistas de oito países sul-americanos, foi lançada a pedra fundamental de uma futura congregação adventista na região conhecida como Lago Sul, na capital federal. Segundo o Índice de Desenvolvimento Humano medido pela ONU (Organização das Nações Unidas), cerca de 30 mil pessoas moram no bairro que tem o IDH de 0,945, o mais alto do mundo. Somente para exemplificar, hoje a Noruega, país que lidera o ranking mundial, tem IDH 0,943. O Brasil está em 84º no ranking com IDH 0,718. O local representa um dos desafios adventistas para o próximo ano que é o de construir novas igrejas em locais nobres das 79 maiores cidades sul-americanas. O projeto é mundial e deve alcançar metrópoles com ações especiais como Nova York e capitais em outros continentes.

O pastor Edison Choque, coordenador geral do projeto de evangelização nas grandes cidades na América do Sul, explica que o lançamento é um marco e servirá de exemplo em outras regiões. “Além de fundarmos congregações em locais nobres das cidades, queremos estabelecer centros de influência com atividades que beneficiarão a sociedade nas áreas de família, saúde, educação e servirão para mostrar que os adventistas estão preocupados com uma mudança de vida integral”, comenta Choque. Ele coordenou, junto com os líderes de regiões administrativas adventistas de oito países, a colocação dentro de um buraco cavado especialmente para a cerimônia tijolos em uma demonstração de construção participativa.

Estrutura prevista – O terreno onde foram colocados os tijolos possui 15 mil metros quadrados e custou em torno de 17 milhões de Reais. O investimento prevê a construção de uma congregação adventista com capacidade para 380 membros e a nova sede administrativa da Igreja Adventista para a região Centro-Oeste.  Não há previsão do início das obras, mas a expectativa é que, no futuro, seja possível construir, também, uma unidade escolar da Rede de Educação Adventista na região. Um dos líderes da Igreja Adventista Central de Brasília, Jáder Carvalho, falou do sonho que aquela cerimônia significava, pois há vários pequenos grupos em funcionamento na região com pessoas que já tomaram e estão tomando decisões ao lado de Cristo. Ele avalia que o trabalho de evangelismo exige uma estrutura desse tipo na região.

Durante a cerimônia, o pastor Erton Köhler afirmou que “evangelizar nas grandes cidades sempre foi uma maneira de atuar dos adventistas, mas, em 2013, nossa ênfase é a de plantar novas congregações em locais onde o poder aquisitivo e mesmo a secularização tornam mais complicado o interesse da comunidade para frequentar uma igreja”. Pastor Erton Köhler, o pastor Magdiel Pérez (secretário da Igreja Adventista na América do Sul), pastor Marlon Lopes (diretor financeiro) e a vice-presidente mundial adventista, Ella Simmons, colocaram no buraco livros e revistas que tratam das crenças e dos valores bíblicos. A mensagem foi clara: os prédios ali não serão apenas edificações, mas estão edificados sobre a Bíblia Sagrada e livros que reforçam os ensinos de Jesus Cristo. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox