Notícias Adventistas

Jovens ‘calebes’ fazem a diferença na comunidade

Doze jovens fizeram a diferença na comunidade conhecida como a terceira maior do BrasilRio de Janeiro, RJ…[ASN] Deixar o conforto de casa ou passear durante as férias para evangelizar e fazer ações sociais, foi o que motivou cerca de 400 jovens, distribuídos pelo estado do Rio, durante o mês de janeiro.

Durante o dia: muita visitação e projetos sociais. À noite: evangelismo. Muitos não se sentiam preparados para levar alguém ao batismo, como relatou Jéssica Vasconcelos, que se batizou em dezembro de 2012 e resolveu fazer parte na missão calebe. Após dez anos afastada, tomou a decisão de voltar para a igreja após assistir ao programa Contagem Regressiva, transmitido via internet. Ela ajudou o jovem Leandro Tostes a tomar a decisão pelo batismo, segundo ele ‘foi um sonho realizado’.
Dos 27 pontos de calebes distribuídos pelo Rio, um grupo de 12 jovens fizeram a diferença na comunidade conhecida como a terceira maior do Brasil: Rio das Pedras. A população com mais de 54 mil habitantes, recebeu a visita e ajuda dos jovens calebes, levando a mensagem de esperança e sua disposição para o trabalho missionário. A despeito das dificuldades que tiveram como falta de luz e água, Laydjane Santos relatou que foi uma experiência marcante na vida de todos, pois tiveram que depender de Deus em todos os momentos, mas os resultados foram gratificantes: três preciosas almas foram levadas ao batismo, que aconteceu no último JA de Verão, na Barra da Tijuca, no dia 26 de janeiro.

Outro local também impactado pelos calebes foi Valverde, onde atualmente funciona um pequeno grupo. Ali os jovens puderam vivenciar um milagre: Paulo Cesar Alonso, de 60 anos, desceu às águas batismais no dia 2 de fevereiro, após ter passado mais de 30 anos praticando crimes, consumindo e traficando drogas. Após deixar a prisão, e quase ter assassinado a própria mulher, começou a frequentar o pequeno grupo adventista. ‘A visita dos calebes fez toda a diferença na minha vida, pois conhecer esses jovens e ver o interesse deles por mim, fez com que eu quisesse estar o tempo todo assistindo cada noite aos programas’, relatou Alonso. O grupo está com vinte pessoas se preparando para o batismo.

Laodicéia Gonçalves, uma enfermeira evangélica, recebeu a visita dos calebes e um convite para uma expo-saúde, onde seriam oferecidos vários serviços gratuitos, como: assistência jurídica, verificação de pressão, medição de glicose, aplicação de flúor, palestras e almoço. Ela ficou encantada com o projeto e se ofereceu para ser uma voluntária. Disse que ‘foi prazeroso poder participar e ajudar num trabalho tão importante no bairro Cohab. Seu contato com os calebes fez muita diferença em sua vida’.

Segundo Deusdete Soares, líder para os Jovens da Associação Rio Sul, ‘foram mais de 150 batismos até o início de fevereiro, e muitos continuam os estudos preparando-se para descer às águas batismais. Estamos muito felizes ao ver o envolvimento dos jovens na missão. Foram vidas transformadas com muita comunhão, relacionamento e missão – resultados vistos e comprovados pelos jovens e novos membros alcançados pelo evangelho durante as férias de verão’, relatou Soares. [Equipe ASN, Fabiana Lopes]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox