Notícias Adventistas

Jovem prega mensagem bíblica por 15 noites em Angola

Experiência de Kevin em Angola mostra força dos jovens missionários.

Kevin "soterrado" pelas crianças em Luanda: motivação para a missão

Kevin “soterrado” pelas crianças em Luanda: motivação para a missão

Luanda, Angola … [ASN] O jovem adventista Kevin Choque é um exemplo de quem passou por uma experiência missionária interessante de evangelização. Em âmbito mundial, a Igreja Adventista do Sétimo dia lançou o projeto de evangelismo das grandes cidades com o objetivo de levar os ensinos bíblicos aos centros urbanos estratégicos com métodos diferenciados ou com maior intensidade. E Kevin Choque aceitou participar do desafio em Luanda, capital de Angola, que faz parte de uma das 24 cidades que se deseja alcançar na região compreendida pela sede adventista conhecida como Divisão da África do Sul Oceano Índico.

A ação de 15 dias teve como lema Esperança para Angola, Luanda para Cristo, quando aconteceram mais de 100 campanhas de evangelismo com pastores convidados e estudantes de teologia de diversos campos do Brasil.
Conforme o jovem, o objetivo da igreja é batizar um milhão de pessoas em todas as grandes cidades desta Divisão.
“Eu tive o privilégio de pregar em Luanda, num bairro chamado Casenga, por 15 noites seguidas. Cerca de 500 pessoas frequentavam os cultos. No final da campanha, em minha igreja, foram batizadas 32 pessoas. É maravilhoso e gratificante ver como há gente com fome da palavra de Cristo. Foi uma experiência marcante e inesquecível. A equipe a qual eu pertencia era formada por nove estudantes de teologia acompanhados de dois professores, tanto do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus de Engenheiro Coelho, quanto do Instituto Adventista de Ensino do Nordeste (Iaene). As pregações ocorreram na segunda semana de julho até o final de julho”, comenta Kevin.
O jovem explica que, nas noites de pregações, conheceu a história de uma mulher de idade avançada muito doente que não podia ir às conferências de evangelismo, mas que morava perto da igreja. “O interessante é que, ela conseguia ouvir as pregações todas as noites pela porta da casa dela. No final do evangelismo a visitei e a palavra de Deus conseguiu confortar o coração dela”. [Equipe ASN, da Redação]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox