Notícias Adventistas

Greenpeace abre navio Rainbow Warrior para desbravadores

 

Quase 30 desbravadores conheceram o navio por dentro.Belém, PA…[ASN] O Greenpeace esteve em Belém com o navio Rainbow Warrior (de pesquisas) em comemoração aos 20 anos da ONG no Brasil. Outro objetivo da visita a cidade das mangueiras era arrecadar assinaturas para a campanha Desmatamento Zero. O navio esteve aberto para visitação e os desbravadores, que prezam pelo cuidado com o meio ambiente, foram conferir de perto, no domingo, 6 de maio.
“Nós, desbravadores, temos o dever de cuidar do meio ambiente e fazemos um pouco do que esses voluntários do Greenpeace fazem”, disse a desbravadora Valdenira Rodrigues.

A visita era acompanhada por um guia e todos os que foram prestigiar, tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o Greenpeace e seus cuidados com o meio ambiente. Quase 30 desbravadores viram o navio por dentro e souberam um pouco mais sobre ele.

O Rainbow Warrior foi todo projetado para evitar agressão o meio ambiente. Ele tem sistema de tratamento de água e resíduos, central de armazenamento de óleo e combustível para evitar derramamento, equipamento para tratamento de gases de escape e diversas outras características que o tornam sustentável. Além disso, tem dois mastros com 55 metros de altura e velas que, juntas, ocupam a mesma área de quatro quadras de tênis. O objetivo é utilizar a força dos ventos para locomover o navio, evitando ao máximo a utilização do motor de propulsão diesel-elétrica.

Para o coordenador da campanha, André Muggiati, “todos nós temos o dever de cuidar do meio ambiente, inclusive a Constituição brasileira afirma isso. Todo mundo pode fazer a sua parte em casa usando menos energia, reciclando seu lixo, usando menos água para causar menos impacto ao meio ambiente. E quando tem um grupo de jovens que está engajado e quer promover ações pelo meio ambiente, eles têm que ir adiante mesmo e cuidar da natureza. Só juntos conseguiremos salvar este planeta”.

“Quero agradecer a visita dos desbravadores aqui ao navio e espero que eles tenham se estimulado a fazer mais coisas pelo meio ambiente”, concluiu Muggiati. [Equipe ASN, Thays Silva]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox