Notícias Adventistas

Governo japonês beneficia comunidades ribeirinhas do Amazonas

Região do interior do Amazonas é atendida por lanchas com profissionais da agência humanitária adventista.

Parceria vai melhorar atendimento realizado por lanchas no interior do Amazonas

Parceria vai melhorar atendimento realizado por lanchas no interior do Amazonas

Manaus, AM … [ASN] Na terça-feira, 19 de novembro, o Hospital Adventista de Manaus, a mantenedora da instituição (União Noroeste Brasileira) e a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais, ADRA, receberam os representantes do Consulado Japonês de Manaus para a Cerimônia de Assinatura do Contrato de Doação através da Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana do Governo do Japão. O objetivo foi assinatura para o projeto de aquisição de embarcação para melhorar a qualidade de vida dos ribeirinhos do Rio Manacapuru, da Associação Adventista Norte Brasileira de Prevenção e Assistência à Saúde (o HAM).

O contrato prevê a doação de uma verba no valor de US$ 86.637,00 destinada à aquisição do barco com capacidade para 40 pessoas. Para doação da verba foi considerado que o Hospital Adventista e a ADRA, como Instituições filantrópicas, atendem as pessoas que vivem nas comunidades ribeirinhas em situação de risco social, oferecendo serviços médicos e odontológicos que esses moradores não teriam condições de ter caso não houvesse o trabalho voluntário das instituições. O Cônsul Geral do Japão, em Manaus, Kenji Sakurai, disse que levar condições dignas de saúde à população que vive às margens dos rios faz do HAM e ADRA instituições aptas para receber o incentivo do governo japonês, já que esse oferece um programa de melhoria da qualidade de vida aos países em desenvolvimento, além de estimular o bom relacionamento do Japão com a região, estando aberto para receber proposta de cooperação de organizações sem fins lucrativos.

Atividade Filantrópica

Um dos serviços de filantropia do Hospital Adventista de Manaus consiste em levar saúde e esperança às comunidades ribeirinhas. Esse trabalho ganha maiores proporções com a parceria entre Hospital e a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais, ADRA. O HAM começou todas as suas atividades em uma lancha singrando os rios navegáveis do Amazonas até se estabelecer como hospital. Por sua vez, o foco do trabalho da ADRA está voltado para as camadas mais vulneráveis da sociedade, ou seja, aqueles que vivem em situação de pobreza, sem as condições de prover para suas necessidades básicas. Para a assistência junto aos ribeirinhos a agência usa o barco Luzeiro com capacidade para atendimento clínico. Juntos, HAM e ADRA melhoram as condições de vidas destas pessoas. O projeto é mantido por doações e pelo serviço de voluntários.

Certificação

A ADRA no Estado do Amazonas, recentemente foi certificada como OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. E no início de novembro recebeu o título de Utilidade Pública. A organização faz parte da rede internacional de organizações humanitárias independentes que foi estabelecida pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em 1984 e está presente em 125 países executando projetos de desenvolvimento comunitário e de assistência humanitária. A ADRA Amazonas também auxilia, em casos graves, os estados do Acre, Rondônia e Roraima com o foco do trabalho voltado para as camadas mais vulneráveis da sociedade. Entre as ações desenvolvidas pela ADRA estão a assistência em caso de enchentes, e auxílio junto às comunidades ribeirinhas. Com uma base estabelecida em Rosa de Saron (comunidade situada às margens do Rio Solimões), as missões de saúde são constantes nessa área com o apoio de profissionais voluntários. Eventualmente voluntários de outras partes do Brasil, e também de outros países, viajam até o Amazonas para prestar serviço solidário. Para conhecer um pouco mais da ADRA basta acessar o site www.adra.org.br. [Equipe ASN, Jeane Barboza]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox