Notícias Adventistas

Feira de saúde agita a comunidade em Cotia

Participantes cuidando da saúdeO Colégio Adventista de Cotia, no interior de SP,  promoveu uma feira de saúde para os moradores da região e pais de alunos, no dia 14 de outubro. A finalidade foi promover a qualidade de vida por meio de mudanças de hábitos e dicas de saúde usando oito remédios da natureza: descanso, ar puro, luz solar, exercícios físicos, alimentação natural, água pura, confiança e temperança em Deus.

A equipe de profissionais voluntários fizeram o primeiro atendimento com o teste de diabetes, aferição da pressão arterial, peso, função pulmonar, aptidão física, idade biológica e outros serviços. Cada visitante passou pelos estandes dos oito remédios da natureza. Uma oportunidade das pessoas avaliarem os seus hábitos de vida e começarem uma nova jornada de prevenção e processos de cura.

Aulas práticas de novos hábitos saudáveisAlguns voluntários já estavam em treinamento dois dias antes no Centro de Treinamento em Cotia. O momento da feira é a oportunidade deles colocarem em prática as aulas teóricas do curso de saúde. O projeto chamado de Expo Saúde é promovido pelo Departamento  de Saúde da Associação Paulistana com  a parceria de médicos da Clínica Adventista Vida Natural.

Para Luiz Fernando Sella, médico da clínica, a proposta é apresentar orientações simples de como cuidar melhor da saúde. “Aqui as pessoas conseguem ter uma visão da sua condição de saúde e o que precisa melhorado. Além de oferecermos cursos de culinária, palestras e o curso de Como Deixar de Fumar”, diz.

Alunos do colégio aprendendo sobre alimentação saudávelSimultâneamente aconteceu a Expo Kids, a feira de saúde para as crianças com o  mesmo tema dos oito remédios naturais. O diferencial são alunos do próprio colégio ensinando outras crianças de como ter boa saúde. De uma maneira lúdica com atividades, ilustrações e brincadeira.

Segundo o diretor do colégio de Cotia, Henrique Romanelli,  a proposta foi de envolver os  funcionários e alunos no evento para realizar novamente a feira no ano que vem.“Hoje estamos no mundo em que a doença infelizmente tem ganhado a guerra contra a saúde. Vamos despertar na sociedade a qualidade de vida e começando pelo nossos alunos”, destacou.

Damares de Oliveira Magalhães veio de Guarujá para levar o projeto para sua cidade. Ela fez questão de visitar os oitos estandes da feira. “Achei maravilhoso.  Tenho 48 anos e minha idade biológica foi de 46. Só preciso  seguir melhor alguns remédios da natureza”, revelou.

Joelson Queiroz faz parte de um grupo de Brasília que vieram para o curso de saúde  da Paulistana. “Foi muito inspirador. Já trabalho com alguns projetos na nossa cidade. Abri a minha mente, pois percebi que podemos realizar projetos fora do ambiente de igreja. Uma forma de atrair pessoa para  a nossa mensagem”, destacou.

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox