Notícias Adventistas

Estudantes são voluntários e evangelistas em aldeia

Curitiba, PR…[ASN] As férias de verão de um grupo de estudantes do Instituto Adventista Paranaense, localizado no interior do estado, foram dedicadas para o voluntariado e evangelismo numa aldeia indígena do Tocantins. Os participantes fazem parte do programa Escola de Missões que, neste ano, realiza a “Missão Javaés”.

Eles viajaram para a região Norte do País a fim de colocar em prática ações sociais na área da saúde e educação, bem como para levar uma mensagem de esperança aos moradores da comunidade indígena Boto Velho, situada na Ilha do Bananal. O projeto, que envolveu um grupo de 12 voluntários, permitiu o primeiro contato adventista com uma aldeia Javaé(os índios Javaé são um dos três subgrupos em que se subdividem os índios Karajá, conforme classificação da Fundação Nacional do Índio). A iniciativa resultou de uma parceria entre a Capelania do IAP e o Ministério Nativo do Tocantins, liderado pelo pastor Miraldo FágTanh.

Os estudantes, orientados pela doutora em Educação e Coordenadora de novos cursos na Faculdade Adventista Paranaense (FAP), Marta Balbé, e pelo capelão Douglas Reis, organizaram atividades para crianças, tais como teatro, pintura, brincadeiras e momentos para histórias bíblicas. Os moradores também tiveram acesso gratuito à orientação odontológica, verificação de pressão arterial e ações preventivas na área da saúde sob supervisão do enfermeiro Davisson Gonçalves, professor da FAP.

O IAP, que receberá em breve o curso de Teologia, oportuniza por meio da Escola de Missões que os jovens ingressem no campo missionário. Os voluntários encerraram as atividades no dia 20 de janeiro. [Equipe Equipe, Márcio Tonetti / Com informações de Paloma Lopes]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox