Notícias Adventistas

Ano começa forte para colportagem no norte do Brasil

Nos cinco dias de concílio os estudantes receberam inspiração, motivação e capacitação.Belém, PA…[ASN] Nos dias 28 de dezembro a 1º de janeiro, foi realizado o concílio de Colportagem da Associação Baixo Amazonas (ABA), sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia do Estado do Amapá e norte do Pará, em Belém, onde estiveram reunidos cerca de 50 colportores estudantes, vindos dos estados da Bahia, São Paulo e até de Bolívia. Nos cinco dias de concílio eles receberam inspiração, motivação e capacitação.
Na abertura do programa, representando administração do campo, pastor Fernando Lima, secretário geral, esteve presente e falou palavras de ânimo, incentivo e valorizou o trabalho e a coragem dos colportores.  “A experiência que estamos tendo é incrível, creio que esse trabalho realmente é de Deus. Senti, ouvi o chamado e aceitei Deus me usar para distribuir esses livros que, com certeza, transformarão muitas vidas”, comentou Erica Gonçalves, colportora pela primeira vez.

No sábado, pela manhã, o pastor Tadeu de Nazaré, diretor  associado de publicações da ABA, palestrou introduzindo  no coração do colportor grande urgência a respeito da volta de Jesus e da busca por reavivamento e reforma. Em outros momentos ouve capacitação técnica e dinâmica de grupo, divididos em cores para melhor integração.

Na segunda-feira, 31 de dezembro, os “mensageiros da esperança”, como são chamados, foram distribuídos em duplas com o objetivo de divulgarem a mensagem de esperança contida em cada livro que eles entregariam à comunidade do município de Marituba, 24km de Belém. E ainda no mesmo dia, para celebrar a chegada de 2013, ao pôr do sol, participaram de uma santa ceia, agradecendo a Deus pelas grandes vitórias conquistadas no ano passado e já as do novo ano.

Para o estudante de teologia da Universidade Adventista da Bolívia, Cristian Callematta, colportagem vai além de vender livros. “É gratificante porque não deixamos apenas o livro, mas deixamos uma esperança nos corações dessas pessoas.  Entregamos o alimento físico, mental e o mais importante de todos é o espiritual, desejando que eles também aguardem a volta de Jesus”, disse.

Hoje a ABA conta com 80 colportores efetivos e o pastor Fabio Soares, diretor de publicações da região, tem trabalhado para o crescimento de colportores estudantes, com a meta de chegar a 100 colportores,  por férias. “O nosso propósito aqui é trabalhar na comunhão, relacionamento e a missão, através a capacitação, atividades que tivemos aqui e também a motivação. Esse concílio serviu para ajudar esses jovens a trabalhar com maus eficiência através do treinamento e técnicas que eles receberam aqui”, falou o pastor Fabio. [Equipe ASN, Jackson França]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox