Notícias Adventistas

Encontro capacita e motiva 300 mulheres do Centro-Oeste

O evento foi criado para fortalecer as líderes regionais da igreja.

Cerca de 300 mulheres líderes do departamento da mulher e infantil participaram de seminários.

Cerca de 300 mulheres líderes do departamento da mulher e infantil participaram de seminários.

Brasília, DF…[ASN] As mulheres que congregam nos templos adventistas de toda a região Centro-Oeste do Brasil somam quase 58% dos membros. Uma pequena parte desse grupo se reuniu durante o primeiro final de semana de julho no Instituto Adventista Brasil Central, em Abadiânia-GO, para um encontro de líderes de distritos da sede administrativa da igreja na região (UCOB). Intitulado ‘Fazendo Toda A Diferença no Mundo’, o encontro foi organizado pela professora Débora Silva, líder das mulheres adventistas de todo o Centro-Oeste. Ela explica que o evento foi criado para fortalecer as líderes regionais da igreja. “Essas mulheres lideram outras pessoas e, por isso, precisavam ouvir o que realmente é o trabalho de uma líder regional. O encontro também se propôs a ajudar no desenvolvimento de relacionamentos e, assim, ajudar as mulheres a oferecerem um trabalho de qualidade nas igrejas para, principalmente, crianças e adolescentes das igrejas”, pontua. Cerca de 300 mulheres líderes do departamento da mulher e infantil participaram de seminários, assistiram palestras, bate-papos e, também, compartilharam experiências sobre o trabalho com a sociedade e com os membros. Para Thaíse Cotrin, que trabalha com os adolescentes na igreja onde é membro, a sociedade atual vive uma verdadeira guerra de valores e princípios. “A gente vive em um grande conflito principalmente quando lidamos com adolescentes. Nós precisamos ajudá-los a vencer várias guerras, várias batalhas diárias. E nós precisamos criar várias estratégias para vencer essas batalhas. Eventos como esse nos ajudam a inovar, a conhecer novas estratégias para vencer os desafios que os adolescentes enfrentam a cada dia”, afirma. Uma das palestrantes foi a missionária Nilda Aquino, que há 17 anos se dedica ao trabalho voluntário nas igrejas e em comunidades carentes. “Eu vejo eventos assim como uma grande oportunidade de motivar, incentivar e capacitar de forma personalizada para as mulheres. As mulheres saem desses encontros motivadas porque elas foram trabalhadas de acordo com as necessidades femininas”, compartilha Nilda. O evento também contou com a presença de 30 pastores e outros líderes. Eles participaram do encontro não só para conhecer o trabalho desempenhado pelas mulheres nas igrejas, mas também para apoiar o desenvolvimento de projetos. Para Roberto Nascimento, líder de uma igreja do Mato Grosso do Sul, treinamentos para mulheres indicam a importância do preparo das líderes. “Orientar professoras e coordenadoras é muito importante para que as crianças aprendam desde cedo a missão de disseminar o ministério de Jesus aqui na Terra”, conclui. [Equipe ASN, Liana Feitosa]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox