Notícias Adventistas

Dia dos Namorados – Artigo A importância do namoro para relacionamentos sadios

Por Mariana Jósimo

Pr. Jeremias e Rute

Desde a formação da Associação Paulista Sudoeste, em novembro de 2009, o pastor Jeremias de Sousa Silva atua como secretário e departamental do Ministério da Família. Casou-se com Rute de Sá Lisboa Silva e tem dois filhos: Anne Lyse Lisboa da Silva (19 anos) e Héber Lisboa da Silva (15 anos).

O que a Bíblia fala sobre o namoro?
A Bíblia tenta mostrar que o namoro é uma fase de conhecimento. Na verdade, o namoro tem o propósito de aproximar laços de afetividade, também expressa o desejo de Deus, este desejo é que o homem e a mulher possam desenvolver uma familiaridade, possam formar uma família futuramente, então o namoro é essa fase inicial de conhecimento.

Quais os conselhos de Deus para a escolha de um namorado(a)?
Deus apresenta, em alguns exemplos como o de Isaque, conselhos. Primeiro Isaque pediu a orientação de Deus. Segundo ponto é descobrir qualidades que a pessoa tem, qual é o objetivo dela dentro do relacionamento, uma pessoa que tenha valores cristãos, que tenha semelhanças com os objetivos que você possui, especialmente pensando no futuro para poder ter o mesmo estilo de vida. A Bíblia procura mostrar isso e usa o termo jugo desigual. Não deve haver o jugo desigual, porque é preciso procurar pessoas com as mesmas características cristãs, com a mesma profissão de fé.

Como um namoro sadio pode contribuir para um bom casamento?
O namoro é uma fase, nem sempre o se concretiza um casamento, mas todo o namoro deve ser levado a sério ao ponto de se pensar num futuro casamento. Se a pessoa for bem sucedida, souber iniciar um namoro, ele se desenvolver e aprofundar-se num noivado, que é uma fase de compromisso maior, ele vai propor um casamento, vai antecipar um casamento bem elaborado, com propósito, com planos, com objetivos específicos. Se o namoro não concluir, a pessoa madurece, conhece melhor e está mais qualificada para fazer escolhas, então o namoro sempre tem um fator importante para o futuro. Dando ele certo, a pessoa dá os passos para se preparar para o casamento, e se não der certo, a pessoa teve aprendizado e crescimento para fazer uma melhor escolha.

No namoro há como descobrir problemas para um futuro casamento?
Com certeza. Sempre quando se namora você conhece também a família. O ideal é que a pessoa também se relacione com a família da namorada ou do namorado e nesse convívio, nessa etapa de conhecimento com a família, com certeza ele vai descobrir características, vai identificá-las e saber se ele vai se adaptar a essas características. Se ele não se adaptar ele não deve seguir a paixão, não deve seguir só um sentimento, mas deve seguir a razão e ser maduro o suficiente para tomar uma decisão que seja necessária.

O senhor falou sobre a paixão. Como usar a razão nesse momento e deixar a paixão de lado para poder tomar uma decisão correta?
O amor é uma escolha, não é só um sentimento, é uma decisão que a pessoa toma. A pessoa escolhe amar, assim como Cristo escolheu amar e escolheu doar Sua vida por amor. A escolha tem a ver com a razão e às vezes a gente pesa razão e emoção. Os estudos mostram que a paixão não dura muito tempo, ela tem uma data de validade. Em geral dois ou três anos é o período que vai durar uma paixão. Se você baseia um relacionamento só na paixão, ele tem data marcada para acabar. O amor não. Ele se renova e é aprendido. As pessoas às vezes passam por uma crise e com o amor elas reaprendem. Então o amor é consistente, é forte, e a paixão é muito frágil, porque em alguma situação ela pode ruir, pode ser destruída. É muito importante distinguir paixão e amor. O amor é muito progressivo, você tem um amor de uma semana, um mês, um ano, ele vai crescendo com o tempo, então a pessoa precisa estar madura e, nas fases que experimentar o amor, precisa crescer e progredir, porque na verdade o sentimento é muito forte e a pessoa às vezes vai realmente pela emoção. Com isso pode se frustrar e se decepcionar, porque o ser humano é falho e a pessoa que a gente espera tanto, pode não ser aquilo que a gente idealizou.

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox