Notícias Adventistas

Decisões criam ações para fortalecer Escola Sabatina

Uma das mudanças é o aumento no tempo para o estudo nas unidades de ação.

Decisoes-criam-acoes-para-fortalecer-Escola-Sabatina_

Líderes votaram aumento no tempo para estudo nas classes de ação

Libertador San Martín, Argentina …  [ASN] O fortalecimento da Escola Sabatina passou pela aprovação de quatro votos na última Comissão Diretiva da Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul. Em 2013, essa que é considerada a maior escola de voluntários do mundo, completa 160 anos.

O primeiro voto prevê a aprovação de uma diminuição do tempo do programa prévio e aumento do tempo da unidade de ação (passou para quase uma hora). Na prática, vai significar mais tempo para professores e seus estudantes terem momentos de confraternização e aprofundarem os temas bíblicos por meio da lição da Escola Sabatina.

Outra decisão tomada pelos delegados sul-americanos foi a de consolidar o papel do ancião de igreja (membro leigo que ajuda na administração das congregações locais adventistas). “Esses líderes deverão estar mais presentes com apoio pastoral aos alunos nas unidades de ação e não tanto administrativo como até agora vinha ocorrendo”, afirma o pastor Edison Choque, diretor sul-americano da Escola Sabatina.

Outro voto tratou de consolidar a integração entre as unidades de ação e os Pequenos Grupos (PGs). A recomendação é que todas as congregações incentivem a ampliação do raio de ação dos PGs. “Claro que é necessário observar a flexibilidade de aplicar isso em alguns casos”, acrescenta o pastor Choque.

Os votos da Comissão Diretiva foram tomados, ainda, para apoiar uma maior aquisição de lições da Escola Sabatina. A ideia dos líderes adventistas é aumentar o número de assinaturas por meio de mutirões no projeto Maná e consequentemente do estudo diário. A comercialização da lição voltada aos jovens cresceu, por exemplo, em torno de 100% nesse ano. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox