Notícias Adventistas

Convenção inédita de líderes motiva voluntários

Porto Alegre e Pelotas, RS…[ASN] Mais de 1.200 pessoas participaram da Convenção de professores da Escola Sabatina e líderes de Pequeno Grupo da igreja adventista na região sul do Rio Grande do Sul. Os treinamentos aconteceram nas cidades de Pelotas e Porto Alegre nos dias 9 e 10 de junho. A novidade do evento foi o casamento entre o Pequeno Grupo (PG) e a Escola Sabatina, ou seja, a partir de agora o Pequeno Grupo é orientado a ser também uma classe de Escola Sabatina. A prova de que esta união dará certo foi o exemplo da Igreja de Carreiras, cidade de Rio Grande, onde cada unidade de Escola Sabatina já é um Pequeno Grupo.

O tema da convenção foi: “Fazendo História na Primavera”, onde os líderes foram motivados, juntamente com seu PG e Escola Sabatina a prepararem uma pessoa para o grande batismo em setembro, o Batismo da Primavera. Assim, o objetivo é que através do trabalho dos Pequenos Grupos, mil pessoas estejam preparadas para o batismo em setembro. Nesta oportunidade os líderes do trabalho missionário da região lançaram uma semana de oração diferenciada, que irá acontecer em todos os Pequenos Grupos entre os dias 2 a 9 de setembro.

Os palestrantes foram os pastores: Evandro Fávero, líder do trabalho missionário para toda a região sul do Brasil; André Oliveira, editor e tradutor da Lição da Escola Sabina; Hermínio Correa, líder do trabalho missionário da Associação Sul-rio-grandense e João Lorini, líder da Escola Sabatina da Associação Sul-rio-grandense. Dentre as palestras, músicas especiais com o Quarteto Louv’art e treinamentos, cada participante recebeu materiais específicos para os trabalhos missionários até setembro.

A programaço foi finalizada com a investidura de Líderes e Líderes Máster de Pequenos Grupos. Para uma pessoa ser investida como Líder de PG é necessário cumprir os requisitos do cartão. Francisco de Oliveira Garré foi investido em Líder Máster na cidade de Pelotas, ele dirige um PG com 30 pessoas, dentre estas 8 pessoas já se batizaram através desse trabalho. “Nosso objetivo é ter uma igreja nessa mesma localidade onde nos reunimos em PGs”, afirma Francisco Garré.

O pastor Hermínio Correa, um dos responsáveis pelo evento, acredita que os propósitos da convenção atingiram resultados positivos: “O objetivo foi alcançado, os lideres foram capacitados nas suas respectivas áreas e desafiados a fazerem historia nessa primavera”.

“A idéia do casamento do PG com a Escola Sabatina e o foco no Batismo da Primavera foi o grande diferencial desse evento”, afirma Evandro Fávero ao fazer uma avaliação geral de toda a programação. [Equipe ASN, Bianca Lorini]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox