Notícias Adventistas

Congresso reúne mais de mil mulheres na Bahia

Evento abordou temas do universo feminino além de focar na espiritualidade.

"O Deus que me vê" foi o tema do evento que aconteceu em Feira de Santana-BA.

“O Deus que me vê” foi o tema do evento que aconteceu em Feira de Santana-BA.

Feira de Santana, BA… [ASN] A Igreja Adventista do Sétimo Dia na região central da Bahia promoveu, em Feira de Santana, no dia 3 de agosto, o Congresso “O Deus que me vê”. Durante todo o dia mais de mil mulheres tiveram contato com diversos temas que fazem parte do universo feminino e fortaleceram a fé em momentos de comunhão e adoração.

Segundo a líder do Ministério da Mulher (departamento da Igreja Adventista que desenvolve projetos para a área feminina), professora Zuleide Thomas, desde o ano passado o evento começou a ser pensado e produzido para superar todas as expectativas. “Durante nove meses nós trabalhamos para a realização de um sonho. Apresentamos a Deus esse Congresso e, graças a Ele vidas foram tocadas e transformadas. Sou muito grata por isso”, pontua.

Moradora da cidade de Ponto Novo, localizada a 256 km de Feira de Santana, Cildinha Lopes precisou de algo a mais para participar do evento. Com sérios problemas de saúde, ela buscou na fé a força para aguentar as quase dez horas de programação. “Há dois anos eu convivo com fortes dores em minha perna direita. O médico falou que eu tenho que fazer uma cirurgia urgente. Agora estou sentindo muita dor, mas o meu amor por Deus consegue ser maior e é por isso que eu estou aqui louvando e adorando”, comenta.

Para abordar temas mais específicos, o congresso recebeu a master coach Dr.ª Raquel Fonseca; a pedagoga, especialista em terapia de família, Dr.ª Verônica Coutinho; o líder da Igreja Adventista, para a região centro-oeste na área de Educação, pastor Ivan Goes; e a jornalista, autora do livro “Submissa? – Todas têm um dono”, Fabiana Bertotti. O louvor ficou por conta do grupo Novo Tom.

De acordo com o líder da Igreja Adventista para a região central da Bahia, pastor Weber Thomas, o objetivo era despertar nas mulheres um compromisso mais forte com o evangelho. “Quando fazemos um evento deste porte nós não nos preocupamos em apenas deixar tudo organizado e bem feito. Nossa maior preocupação é com as pessoas que estaremos atingindo, plantando no coração de cada uma a necessidade de um relacionamento mais forte e mais íntimo com Deus”, conclui. [Equipe ASN – Murilo Lelis]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox