Noticias Adventistas

Congresso de líderes reafirma programa de pequenos grupos

Pessoas presentes foram desafiadas a serem missionárias e acreditarem na função evangelística das reuniões em grupoPorto Alegre, RS…[ASN] Na tarde de sábado, 10 de novembro, a Igreja Adventista do Iguatemi, também conhecida como igreja da Rádio Novo Tempo esteve repleta de pastores e outros líderes das igrejas locais. O motivo foi o Congresso de Pequenos Grupos, dirigido pelo departamento do Ministério Pessoal da Associação Central Sul-rio-grandense (ACSR).

A programação teve participação dos pastores distritais, Élzio Carmo, responsável pelas igrejas do município de Alvorada, e do pastor Hugo Portugal, que possui a mesma função no distrito de Cachoeirinha. A música ficou por conta do quarteto Spiritual.

Na ocasião, diversos testemunhos foram compartilhados pelos membros das igrejas locais. Um deles consistiu em um pequeno grupo formado por jovens de Cachoeirinha e foi apresentado pelo pastor Portugal com a presença dos participantes. Três deles contaram experiências sobre como a reunião de estudo da Bíblia tem beneficiado a vida espiritual.

O pastor Moisés Mattos, presidente da Igreja Adventista na região central do Rio Grande do Sul, apresentou um seminário demonstrando a diferença do que costumam dizer sobre os pequenos grupos e o que ele realmente é e que benefícios pode trazer.

Durante o evento, Paulo Reis, um líder de um pequeno grupo que ocorre na Igreja Adventista Central de Canoas também contou como o estudo aprofundado sobre temas da Bíblia resultou em sete pessoas aceitando a Deus como prioridade da vida.

Ao final, o pastor Samuel Camilo, que atua na área de evangelismo da ACSR, fez uma reflexão sobre a urgência de existirem homens e mulheres missionários, que queiram dirigir iniciativas como a dos pequenos grupos e outras mais.

O pastor Humberto Magalhães, diretor do Ministério Pessoal, compreende que o pequeno grupo é uma forma de unir as pessoas no relacionamento e nos propósitos de difusão da palavra de Deus. “Eu acredito numa igreja envolvida, numa igreja missionária e uma igreja preparada para cumprir o grande propósito que é preparar o caminho da segunda vinda do Senhor Jesus Cristo”, afirma. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Notícias Relacionadas