Notícias Adventistas

Valdeci Júnior

Valdeci Júnior

Reavivamento e Reforma

Reavivamento e Reforma é um espaço onde o autor vai tratar de espiritualidade que leva à prática, sobre a grande necessidade que as pessoas têm de buscar a Deus e depender Dele.

Reavivados?

A quem um pastor deve agradar: aos membros da igreja, à sua organização, à sociedade, à sua família? Lembro-me de uma vez em que estive angustiado. Sobreviera-me um sentimento de que talvez eu não estivesse agradando. E minha angústia era em querer agradar ao Senhor. Depois de um tempo de reflexão, percebi que isso foi bom, pois afinal, esse deve ser o incômodo de todos os cristãos! Após orar por algumas semanas, o insight recebido foi de algo muito óbvio: agrada-se a Deus tendo fé (Hebreus 11:6); e adquire-se fé lendo a Bíblia (Romanos 10:17)! Se quisermos agradar sempre, devemos ser estudantes constantes da Palavra de Deus.

No dia 17 de abril de 2012 teve início uma atividade coletiva mundial de um povo que estava desenhando um sorriso no rosto do Criador. Uma jornada de três anos e três meses nos quais inúmeras pessoas ao redor do globo seriam motivadas a ler, a cada dia, o mesmo capítulo das Escrituras, começando em Gênesis e indo até o final da Bíblia. Todos juntos, apesar de espalhados pelo planeta. Pra quê? Para estarmos reavivados, pois esta é a característica de um povo que agrada a Deus.

E houve adesão? É difícil mensurar um balanço exato do projeto até hoje, mais de 1180 dias depois. Mas basta digitar “Reavivados Por Sua Palavra” no Google[i] e ver o resultado. Sem contar que para as demais partes do mundo o “rpsp” acontece em tantos outros idiomas. A impossibilidade de saber números exatos é justamente pelo tamanho gigantesco de pessoas e instituições que se juntaram à ideia, criando centenas de meios de interação do projeto como sites, blogs, páginas, comunidades, canais de vídeos, games, concursos, artes, panfletos, artigos, aplicativos, programas de rádio e TV, espaços em lições da Escola Sabatina e outros periódicos, etc. Um verdadeiro nicho cultural passou a existir!

A palavra “reavivados” implica justamente em voltar com força à vida[ii]. E se você deixar o Twitter aberto no marcador #rpsp, pela manhã, horário em que o cristão faz sua devoção pessoal, verá que a timeline estará se atualizando de poucos em poucos segundos, sem parar. O aparelho eletrônico, que é matéria sem vida, parece pulsar. Tudo isso por estar subindo para a rede mundial a unificação do pensamento de milhares de crentes que estão comungando juntos o alimento de uma só fé, dada por um só Espírito (Efésios 4:4-6). Afinal, mais importante que os hits da mídia é o que acontece na vida das pessoas. E isso é real.

Para sentir isso, criei o e-mail oqueacheidoreavivados@hotmail.com. E de apenas uma chamada que fiz na rádio[iii], pedindo aos ouvintes suas opiniões, recebi dezenas de respostas como:

“Bom dia Pastor, sou ouvinte do reavivados, minha vida mudou, passei a interpretar a Bíblia de outra forma, passei a ser guardador do sábado e dizimista de verdade, dou estudo bíblico na minha comunidade e sempre comparando o reavivados com a Bíblia. Sou da Pastoral Familiar e do Curso para noivos. Aprendi a não mais venerar imagem, somente a Deus. Sou católico. Obrigado por mudar minha maneira de interpretar a Palavra de Deus. Sou mineiro, moro em Lavras [sic]”.

A Májore Cabral comenta assim sobre o Reavivados: “Foi uma benção na minha vida, sem contar que indiquei pra muitas pessoas, principalmente não adventistas”. Como a Renata Romão que, todos os dias, envia os comentários e atualizações do rpsp para seus “grupos de evangelismo no WhatsApp, que são ao todo 12, e com [perto de] 100 pessoas cada um, ou seja, quase 1200 pessoas”. Mas um ponto que une todos os e-mails que recebi é o pedido de que o projeto não acabe ao completarmos a leitura dos 1189 capítulos bíblicos.

A partir de tão singelas, mas exponenciais amostras, você tem noção de quantos milhares ou milhões de pessoas se juntaram como células revigoradas para fortalecer o corpo de Cristo? Para ter uma ideia, acompanhe a conclusão deste projeto hoje, 10 de julho, que acontecerá dentro da 60º Conferência Geral dos adventistas do sétimo dia. Será uma cerimônia na presença de mais de 60 mil fiéis reunidos em San Antonio, Texas, EUA, representando os 18,5 milhões de membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia atuantes em 215 países.

Portanto, para o questionamento que um grande teólogo adventista levantou num periódico oficial da denominação perguntando “Podemos ainda ser considerados o ‘povo da Bíblia’?”[iv], 14 anos depois, a resposta continua sendo, largamente, um grande “sim”. Considerados como tradicionais “evangélicos de missão” pela “nomenclatura utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o recenseamento”[v], atualmente os adventistas do sétimo dia “têm assumido o seu posto entre as maiores denominações”[vi]. Historicamente, são chamados de “povo da Bíblia”[vii]. Para a Igreja Adventista, é de vital importância saber se o que está sendo ensinado, crido e praticado vem de algum claro “assim diz o Senhor”, ou seja, se está escrito nas Escrituras Sagradas. “Os escritos dos adventistas se preocupam muito em oferecer ‘provas’ através da Bíblia”[viii]. Para Ellen White[ix], a Bíblia deve ser considerada como uma norma infalível através da qual as ideias científicas do homem devem ser abalizadas. Portanto, no adventismo, a Bíblia é a Palavra de Deus que serve como única regra de fé e prática[x].

E na sua vida? Para o pastor Bruno Raso, que liderou este projeto no território da Divisão Sul-Americana (que corresponde a oito países sul-americanos), o “rpsp” contribuiu para tornar a Igreja “mais espiritual e missionária”. Você também deseja agradar ao Senhor? A partir de amanhã, 11 de julho, essa Igreja quer reforçar sua busca por Deus, agora com a leitura bíblica acompanhada de comentários inspirados. Será o projeto “Crede em Seus Profetas”. Raso considera que aprofundar a leitura das Escrituras e do Espírito de Profecia é indispensável para a comunhão, o relacionamento e o término da missão. Você está disposto a crer no dom de profecia concedido pelo Espírito Santo? Então você vai participar. E, pensando nisso, por favor, deixe abaixo a sua avaliação dizendo o que você achou do projeto Reavivados por Sua Palavra, ok?

Que Deus lhe abençoe!


[i] https://www.google.com.br/?gws_rd=ssl#q=Reavivados+por+sua+palavra

[ii] http://noticias.adventistas.org/pt/coluna/valdeci-junior/esse-defunto-sou-eu/.

[iii] http://novotempo.com/audios/categoria/reavivados-por-sua-palavra/

[iv] TIMM, Alberto R. Podemos ainda ser considerados o “povo da Bíblia”? Revista adventista. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, ano 97, n. 6, p. 14-16, jun. 2001, pg 14.

[v] JACOB, Cesar Romero, et al. Atlas da filiação religiosa e indicadores sociais no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio; São Paulo: Loyola, 2003, pg 69.

[vi] BAINBRIDGE, William Sims. The sociology of religious movements. Nova Iorque: Routledge, 1997, pg 107.

[vii] GONZALEZ, Lourenço Silva. Assim diz o Senhor. 11. ed. Niterói: Ados, 2009, pg 456.

[viii] GAARDER, Jostein et al. O livro das religiões. São Paulo: Cia. das Letras, 2000, pg 209.

[ix] WHITE, Ellen G. Educação, 7ª ed. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1997, pg 173.

[x] NISTO CREMOS: as 28 crenças fundamentais da Igreja Adventista do Setimo Dia. Tradução de Hélio L. Grellmann. 8. ed. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2008, pgs 11-25.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox