Notícias Adventistas

Valdeci Júnior

Valdeci Júnior

Reavivamento e Reforma

Reavivamento e Reforma é um espaço onde o autor vai tratar de espiritualidade que leva à prática, sobre a grande necessidade que as pessoas têm de buscar a Deus e depender Dele.

Política, economia, sustentabilidade… chegou a hora!

Seu dinheiro está sumindo? A greve dos caminhoneiros acabou de virar a curva e o protesto de 15 de março já desponta no horizonte. Não pretendo levantar ânimos políticos, pois, como Igreja, não emitimos opinião a respeito. Mas é impossível negar a insatisfação do brasileiro com sua própria política. O grito se resume contra uma coisa: a corrupção. Todavia, a raiz do problema não é um nome ou um partido. Mais abaixo, no caule, está o fato de que se tiramos quem está, quem vamos colocar? Não temos opção! O sistema todo é um puro caos político. Creio que deva existir algum político que não seja corrupto, mas o que ele pode fazer praticamente sozinho? O pior é que a raiz é mais profunda que o próprio problema da política. Relaciona-se com a ética do comportamento brasileiro. Em nossa própria formação, aprendemos a aceitar o troco errado, desrespeitar os horários e desobedecer as leis de trânsito. Tirar vantagens em esperas e buscar alguém de influência “que está lá dentro” para conseguir vagas e atalhar burocracia é o famoso jeitinho brasileiro, ou melhor, corrupçãozinha brasileira. Somos “corruptinhos brasileiros”. A diferença dos nossos atos corruptos para os atos corruptos dos “que estão lá em cima” é apenas o tamanho da consequência. Mas a essência é a mesma. E como é cultural, o Brasil parece não ter mais conserto.

Mas o problema político-econômico não é apenas seu ou da Operação Lava Jato. É nosso. Dos brasileiros? Não! Em qualquer canto do mundo, não existe mais a segurança da riqueza. Hoje em dia não há economia que não esteja na corda bamba, correndo seus riscos por um fio. Digite “crise mundial” no Google e veja que a maior parte dos links estará passando pelos dutos do petróleo, um recurso natural. E quando se fala em natureza, o preço é realmente alto. Em nome de sua própria riqueza, o homem destrói a natureza, que depois reaparece revoltada, comendo aquela riqueza acumulada. Qualquer um sabe que os dias da sustentabilidade no planeta Terra estão contados[i].

Sem pessimismo nem sensacionalismo, nem precisamos mais de religião, Bíblia, profecia ou revelação para enxergarmos o deadline. Basta estar por dentro dos fatos para ter plena consciência de que chegou a hora em que este mundo não aguenta mais. Reestude as passagens bíblicas sobre os sinais da volta de Jesus, olhe para fora da sua janela e perceba que não precisamos mais de marcadores de datas. Querendo ou não, é chegada, em nossa geração, a hora de você repetir o que Jesus disse às vésperas de algo grandioso que estava para acontecer: “Pai, é chegada a minha hora (Jo 17:1)”. Do jeito que o planeta está, alguma coisa vai acontecer, porque viver assim é insustentável.

Caminho para ver Cristo

“No mundo, tereis aflições” (Jo 16:33), Cristo avisou. Como sobreviver a isso tudo? Ele deixou a dica, através de Seu próprio exemplo. Sempre que estava à iminência de grandes desafios, tinha profundos momentos de comunhão. E antes de enfrentar o maior sofrimento já registrado pela história humana, a cruz, fez Sua maior oração registrada na Bíblia (Jo 17). Devoção que redunde em comunhão, relacionamento e missão, “essa é a vitória que vence o mundo” (1Jo 5:4).

Comunhão. Jesus orou por si mesmo (Jo 17:1-5). O “Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz” (Is 9:5), tinha plena consciência de que Ele mesmo precisava de oração. Senso da dependência de Deus. Gaste tempo para escancarar a sua real situação para o Senhor. Abra o coração a Deus. Lave sua alma. Esvazie-se. Suplique pelo batismo do Espírito Santo. É hora de parar de brincar de ser cristão e orar de verdade.

Relacionamento. Jesus orou pelas pessoas que conviviam com Ele (Jo 17:6-19). Se a oração for preciosa para você, então vai querer orar também pelas pessoas que ama. Chegou a hora de parar de orar apenas por si mesmo. Depois de ter feito uma longa oração com vários detalhes sobre você, agora faça o mesmo por sua mãe, depois por sua sogra, seu primo etc. Não é orar por uma lista: “Abençoe Fulano, Cicrano e Beltrano”, e pronto. Não! É se importar sobre os detalhes peculiares de cada um.

Missão. Jesus orou por todos os que viriam a crer (Jo 17:20-26). Ore pela Igreja, pelos ministérios, pelas missões mundiais. Se você não sabe orar sobre isso, nessa parte da oração clame para Deus lhe ensinar. Quando for à igreja, anote tudo o que você acha que são necessidades e desafios da missão dela. Liste o nome de pessoas as quais você não tem acesso, que ainda não conhecem a Jesus. Escreva um plano pessoal seu, de ação missionária. E ore por tudo isso!

Desde criança ouço falar que Cristo está voltando. E Ele ainda não veio. Entretanto, muito mais preocupado em saber se chegou ou não a hora do planeta, preciso me preocupar com a hora da minha vida. Quando tudo é arrancado de nós e nos sobra somente a respiração, o que realmente importa? Chegou a hora de saber se a volta de Jesus é importante pra você. A intensidade com a qual você ora é proporcional à importância que a volta de Jesus tem pra você. Chegou a hora de você orar como nunca.

Afinal, em que hora da sua vida você está vivendo? [ii]

___________________

[i] http://www.nasaladopastor.com/2010/11/o-asteroide-que-esperamos.html

[ii] O autor apresenta esse assunto de forma ampliada em: http://www.nasaladopastor.com/2015/03/politica-economia-sustentabilidade.html .

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox