Notícias Adventistas

Odailson Fonseca

Odailson Fonseca

ON

Inovação jovem sob uma perspectiva inteligente

#tbt – seu futuro do passado

site_fomos-feitos-para-sempre

Outra moda entre tantas empilhadas em nossos armazéns digitais. Além do baldão de gelo na cabeça ou selfies mal assombrados sem qualquer maquiagem, jovens do cibermundo estão se engajando noutra mania virtual. E só “pra não variar”, viralizando mais rápido que notícia ruim.

Isso mesmo, depois que o Instagram aposentou os infindáveis álbuns de fotografia em papel (sim, eles ainda existem!), esta rede social ultravisual agora tem Um Dia Pra Recordar. Não, isso não é nome de filme pastelão dos anos 90! É uma hashtag que está convulsionando o passado de muita gente.

#tbt.

Já viu por aí? Nem sabe o que significa?

(Hã?! Desconhece o Insta e acha que hashtag é veneno alemão? Bom, aí fica difícil!)

A verdade é que, de um tempo pra cá, minha timeline vem sendo invadida por inúmeras fotos – inclusive digitalmente amareladas! – de amigos assinando ao final da postagem: #tbt. Fiquei curioso, e também envergonhado pela desatualização absurda de alguns microdias no universo on-line. O mais intrigante? Sempre às quintas-feiras, coincidentemente.

#tbt = throw back thursday.

Agora entendeu? Alguém neste mundão de giga-amigos decidiu que toda a quinta é dia de postar no Instagram e Twitter as fotos do passado. Nostalgia pura! Com recheio de comédia pra muitos e esculhambação pra alguns. Mas quem é que já não sentiu vergonha daquela foto pré-histórica do RG e, lá no fundo, diverte-se compartilhando com os amigos? Até eu caí em mais este anzol das redes sociais. (Clica lá! Só não vale zombar…rs.)

Fiquei pensando nas águas mais profundas desta navegação divertida pelos oceanos da web. De uma “quinta-feira de antigamente” para os dias ensurdecedores de hoje, todos buscamos no bom passado um alento para um futuro feliz. #tbt: amizades que guardamos no cofre blindado do coração. #tbt: lembranças inocentes que coroavam nosso caráter de pureza. #tbt: sonhos vorazes de quando imaginávamos ter o mundo nas mãos. #tbt: otimismo ingênuo que jurávamos nunca se desvanescer. #tbt: amanhã lindo que busca no hoje reencontrar o encanto do ontem… que passou.

Ei! E quem disse que voltar atrás é andar pra frente? Sou um saudosista assumido. E não vejo nada de errado na geração #tbt! Apenas #ficaadica: não podemos deixar os sonhos do passado se perderem na intoxicação do presente. Captou? Se nós somos o que fomos, seremos o que estamos sendo. Portanto, amasse de uma vez seus horizontes tacanhos e jogue-os na lixeira da libertação. Que tal buscar no amanhã aquela paixão que parece só vir à tona na saudade do ontem? Embaralhou os neurônios? Entenda de uma vez: fomos feitos pra sempre e não pra trás.

#tbt.

Um dia Jesus cruzou com um rapaz que achava o máximo o que tinha. Desmontou aquele “jovem rico de super lembranças” desafiando-o: vai, vende tudo, larga tudo, esquece tudo e vem comigo! Quê?! #sqn! O garoto surtou mais que internauta sem bateria com 99% do arquivo baixado. Ali estava alguém mais agarrado no que possuia do que liberto para o que poderia.

Decifrou o recado? Experiências acumuladas perigam empalhar na zona da acomodação as asas de sonhador existentes na vocação eterna do ser humano.

Então, a gente se encontra só nas “quintas #tbt” pra lembrar os registros bons da memória de nosso HD existencial. Tudo bem? Mas eu espero você – todos os outros dias! – lá na frente, descortinando o incrível do impensável do que Deus está preparando para cada um de nós. Será bom demais! E sem dar vontade de se lembrar.

Esteja pronto.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox