Notícias Adventistas

Márcia Ebinger

Márcia Ebinger

Desafios em Família

Os dilemas da família moderna e como superá-los.

Estou feliz por pagar a conta!

No dia 30 de maio de 2012, saí cedo de casa para levar meus filhos à escola. Já perto do colégio, enquanto transitava em uma avenida principal, fui surpreendida por uma van que veio do outro lado da pista para entrar em um retorno bem na minha frente. Pisei fundo no freio e segurei o carro. Só que o motorista que vinha atrás não conseguiu evitar o acidente. Ele bateu no meu carro e me jogou em cima da van.

A primeira coisa que fiz foi checar se todos estavam bem dentro do carro e agradeci a Deus pela proteção. Após isso, um pouco assustada, desci do veículo. O motorista do carro de trás estava furioso com a motorista da van, afinal, ela havia provocado tudo aquilo. Era uma senhora idosa que argumentou pouco e, assim que foi possível, fugiu do local do acidente. Eu e o outro motorista ficamos surpresos com a atitude dela. Ligamos para a polícia, para saber o que fazer e rapidamente entramos em acordo.

Meses depois recebi uma correspondência estranha. Era uma notificação informando que eu deveria comparecer ao Fórum da cidade onde moro porque alguém estava me processando. Hoje recebi o conteúdo do processo e fiquei impressionada com o que vi. Aquela senhora do acidente estava exigindo que eu pagasse o valor de R$2.480,00 gastos com o conserto do carro dela. Mas sabe o que foi o pior? O pior foi ler a história que ela contou sobre o acidente. Eram algumas poucas folhas de papel repletas de mentiras.

Este fato me fez refletir e tirar uma conclusão. O pecado entrou no mundo porque o inimigo de Deus usou uma mentira para enganar Eva. Desde então a mentira é usada como recurso para enganar, trapacear e levar vantagem. A pergunta que faço é: vale a pena mentir? Vale a pena ganhar alguma coisa usando como recurso a mentira? A resposta é “não”, porque os mentirosos são filhos do mal. Na Bíblia Deus nos diz que “ele (Satanás)… sempre odiou a verdade – não há nenhum pingo de verdade nele. Quando mente, isso é perfeitamente normal; porque ele é o pai dos mentirosos”, João 8:44.

Mas, apesar disso, como ensinar para os nossos filhos que a mentira não vale a pena se, nos dias em que vivemos, os mentirosos são os que acabam se dando melhor? Conversei com os meus filhos, após este episódio, e apresentei a eles a minha conclusão: ainda não sei se terei que pagar esta conta, mas mesmo que tenha que fazê-lo, pagarei feliz, porque estou do lado da verdade. Disse a eles que é bem provável que em algum momento da vida eles terão que pagar o preço por causa da mentira de alguém. “Se isso acontecer”, disse a eles, “paguem felizes, porque o melhor é ser filho do bem, filho de Deus, o Pai da verdade”. E sobre isso, Deus nos diz: “Odeio a mentira e a rejeito…” Salmos 119:163.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox