Notícias Adventistas

Karyne Correia

Karyne Correia

Mente Saudável

Os cuidados para se ter uma vida mentalmente saudável.

Traumas: é possível superar

Que os traumas que vivemos na infância deixam marcas para a vida adulta, nós já sabemos. Muitos dos medos e ansiedades que sentimos, além das dificuldades nos relacionamentos interpessoais e problemas de autoestima têm sua origem na infância, em eventos que naquele período foram traumáticos.

Contudo, um estudo da Escola de Medicina da Universidade Yale verificou uma relação entre o trauma experimentado na infância e a redução do volume cerebral de áreas importantes para o aprendizado, a memória e o controle das emoções. Esta redução do volume cerebral implicaria em uma vulnerabilidade maior a desenvolver algumas dificuldades. Por exemplo, de acordo com o mesmo estudo, pacientes em tratamento de dependência de drogas que tenham sofrido traumas na infância teriam maior vulnerabilidade a ter recaídas e voltar a usar drogas após tratamento.

Ao ler sobre este estudo fiquei pensando em quão grave são as consequências do pecado para nossa saúde mental. As situações terríveis a que crianças são expostas todos os dias, e que geram traumas, atuam não apenas num nível cognitivo (de pensamentos e emoções), mas em um nível físico, debilitando fisicamente o cérebro.

Felizmente existe solução. Existem centenas de pessoas que vivem experiências traumáticas, mas desenvolvem o que chamamos de resiliência, uma forma mais positiva de lidar com a vida após ter vivido situações complexas como as que geram traumas. Alguns desenvolvem a resiliência com suporte profissional. Outros a desenvolvem através de novas experiências que experimentam ao longo da vida. O fato é que, mesmo que o mal gere grandes danos físicos e mentais, estes danos não são o fim. É possível superar.

Link da divulgação do estudo na revista “Viver Mente e Cérebro”- http://adv.st/1rFFsLk 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox