Notícias Adventistas

Karyne Correia

Karyne Correia

Mente Saudável

Os cuidados para se ter uma vida mentalmente saudável.

Saúde Mental. Você cuida dela?

“Enfermidades mentais prevalecem por toda parte. Nove décimos das doenças das quais os homens sofrem têm aí sua base.” Mente, Caráter e Personalidade, vol. 1, p. 59, de Ellen White.

Somos bombardeados por informações sobre saúde todos os dias. Redes de televisão, jornais e revistas (impressos ou virtuais), entre outros meios de comunicação, dedicam-se, em algum momento, a transmitir informações sobre cuidados com a saúde. São reportagens sobre as doenças do momento, matérias sobre alimentação saudável e balanceada, prática de exercício físico, medidas de prevenção… Eu tenho certeza que você já leu ou assistiu várias dessas.

Mas e sobre saúde mental? O que você sabe sobre assuntos dessa área? O quanto você cuida dela?

O stress é responsável (direta ou indiretamente) por 80% das doenças que já se tornaram comuns na modernidade, como hipertensão arterial, doenças coronarianas, asma e diabetes, por exemplo. Se este dado lhe surpreendeu, então, leia com atenção alguns dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde, de um estudo realizado no início deste século:

Uma em cada quatro pessoas sofre um transtorno mental ou neurológico em algum momento de sua vida.

121 milhões de pessoas sofrem depressão. A cada ano, um milhão de pessoas se suicida, e entre dez e vinte milhões tentam suicídio.

Mais de 25% da população mundial, em algum momento, sofre algum transtorno mental.

Por aqui, já podemos concordar que “Saúde Mental” é um tema que requer a nossa atenção. Será que temos dado a ela a atenção necessária?

Outra informação muito importante, no que diz respeito à saúde mental, é que esta não independe da chamada ‘saúde física’. Apesar de realizarmos essa diferenciação, ela é muito mais didática do que real. Isso porque mente e corpo trabalham de forma integrada, como uma unidade ativa. É por isso que doenças comuns, como as citadas anteriormente, têm sua origem relacionada direta ou indiretamente com o stress. É por isso, também, que pacientes com depressão podem ter perda significativa de peso, e pessoas suam excessivamente quando estão ansiosas. Nosso estado mental afeta nosso estado físico e vice-versa.

Isso significa que qualquer cuidado realizado em prol da saúde requer atenção tanto à saúde física como à mental. Tomar analgésicos pode até fazer sua dor de cabeça desaparecer por algumas horas, mas não resolve as questões emocionais que existem por trás dessa enxaqueca e, deste modo, não solucionam seu problema. Uma pessoa que está acima do peso pode fazer lipoaspiração e cirurgias plásticas, mas a menos que trabalhe a causa de sua obesidade, voltará a estar acima do peso dentro de algum tempo.

Se desejamos ter qualidade de vida, precisamos incluir em nossos check-ups não apenas análises biomédicas, mas também uma autoanálise de nosso estado mental. O objetivo desta coluna é compartilhar com você, informações importantes que o ajudem a cuidar ainda melhor de sua saúde mental. Espero que o conteúdo que compartilharemos aqui seja útil para você e sua família.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox