Notícias Adventistas

Hildemar Santos

Hildemar Santos

Saúde e Espiritualidade

Como prevenir doenças e ter uma vida saudável.

A vovó estava certa!

French beans sprout with two leafs in vegetable garden

Segundo o doutor James Levine da Clínica Mayo, a epidemia de obesidade que hoje afeta os Estados Unidos e o mundo é causada pela falta de atividade física. Segundo ele, o autor do livro Get Up (levante-se!) com a modernidade e o progresso o homem se tornou extremamente sedentário e esta é a principal causa do peso aumentado que se vê em todas as culturas.

Um artigo publicado pela Universidade de Vanderbuilt, no Jornal Americano de Epidemiologia, descreve o estudo feito com mais de seis mil participantes concluindo que em média os participantes passam 7,7 horas por dia sentados. O artigo termina com a estimativa de que os americanos passam 55% do seu tempo, quando acordados, em uma cadeira. Tenho certeza que os brasileiros estão indo na mesma direção.

Outro estudo, já realizado, entre mais de cem mil pessoas foi publicado no mesmo jornal acima e concluiu que as mulheres que passam mais de seis horas sentadas comparadas com aquelas que passavam menos de três horas sentadas tinham um risco de morte 94% maior durante o período do estudo. Os homens que sentavam seis horas tinham um risco de morte de 48% maior do que os que sentavam por três horas.

Assim, podemos confirmar o fato de que em relação ao exercício a vovó estava certa, pois ela só sentava para descansar depois de estar se movendo o dia todo. Pergunte a sua vovó ou bisavó sobre isto. A minha avó trabalhava no jardim e costurava. “Ah! ” Você vai dizer: “Se costurava, passava um grande tempo sentada! “ Mas, naquela época, as máquinas de costura não eram elétricas etinham um pedal, assim a vovó estava em constante exercício.

Com relação à comida, a mesma coisa. A vovó comia mais comidas ricas em fibra e uma grande quantidade de frutas e verduras, já que os alimentos processados eram raros e os restaurantes de comida rápida eram inexistentes. Como já sou vovô, posso confirmar isto. Eu me lembro claramente do período em que não existiam pizzarias e nem restaurantes com comida fast food. Alguns dos leitores também se lembram desta época em que a vovó liderava a comida. Na casa da minha avó tinha feijão com arroz e salada todos os dias. O arroz não era integral – mas aí e pedir demais para a vovozinha!

De acordo com um artigo publicado pelo doutor Rebello (Obesity Reviews, 2014) o segredo da alimentação saudável é consumir mais feijões. Ele destaca o valor nutritivo dos mesmos como a alta concentração de fibra e proteína além de vitaminas, minerais e mesmo antioxidantes. Assim, o feijão é colocado entre os alimentos “medicinais” de mais êxito na prevenção e tratamento de enfermidades que vão desde o alto colesterol, diabetes, pressão alta até a enfermidade cardíaca e o câncer.

Comer mais feijão é um dos melhores conselhos para aqueles que querem baixar de peso devido a sua riqueza em fibra e proteína. Estes dois são responsáveis pelo aumento da saciedade e ajudam a controlar o apetite. Os feijões são classificados entre os alimentos de menor índice glicêmico, ou seja, não aumentam a glicose no sangue imediatamente como o açúcar, o pão branco e o arroz branco, o que é duplamente importante para o controle do apetite e prevenção da diabetes.

O doutor Rebello aconselha o uso de feijões e prevê que o feijão será o alimento do futuro o qual vai ser incorporado em vários produtos alimentícios pela indústria alimentar. A farinha de feijões e soja já está sendo “embutida” em vários alimentos processados e esta pratica vai aumentar no futuro. Segundo Rebello, isto é um passo positivo em direção à boa nutrição. Hoje, mesmo nos níveis atléticos, encontramos farinhas ricas em proteínas que não têm nenhum derivado animal, mas são baseadas na soja ou nas ervilhas (as quais são também  da família “feijófila”).

Assim termino concluindo que a vovó estava certa. Minha avó tinha uma horta de vegetais em sua casa, estava sempre “fuçando” na terra e em sua cozinha tinha feijão todos os dias. Portanto, no meu caso, estou tentando voltar às origens. No seu caso, depende de você. Mas nunca esqueça do seguinte: a alimentação moderna mais o estilo de vida sedentário conduz às doenças modernas como a epidemia gordurística e a mortalidade cardíaca. A alimentação e o estilo de vida da vovó levam à saúde, prevenção das doenças modernas e longevidade.

Verso para meditação:

“Ar puro, luz solar, abstinência, repouso, exercício, regime conveniente, uso de água e confiança no poder divino – eis os verdadeiros remédios. Toda pessoa deve possuir conhecimento dos meios terapêuticos naturais, e da maneira de os aplicar. ” Ellen White, Conselhos Sobre o Regime Alimentar, página 301.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox