Notícias Adventistas

Hildemar Santos

Hildemar Santos

Saúde e Espiritualidade

Como prevenir doenças e ter uma vida saudável.

Doutor Jarvis morre aos 80 anos

Recebi o convite para o seu funeral. Professor por muitos anos na universidade de Loma Linda e até na escola de saúde pública onde leciono. Jarvis tem sido uma personalidade bem conhecida no campus universitário. Eu não o conhecia pessoalmente, assim não posso falar muito a seu respeito. Também não sei do que morreu, se foi acidente ou doença ou simplesmente velhice.

Mas uma coisa sei, ele era frequente no estádio de corridas do Drayson Center, o ginásio de esportes de Loma Linda, lugar em que faço meu exercício e minhas corridas pela manhã. Pelo menos três vezes por semana costumava ver o doutor Jarvis correndo na pista.

E qual a importância disto? Ora, não é comum vermos pessoas com 80 anos correndo. Na verdade, muitos octogenários nem conseguem andar, muitos têm os seus joelhos substituídos e muitos ainda vivem sentados tomando um “balde” de remédios e sofrendo dos mais variados tipos de doenças.

Mas Jarvis não parecia ser um desses. Não era um corredor rápido, assim como eu também não sou, mas era frequente. Morreu aos 80 e alguns diriam: “por que não viveu mais?” Na verdade, como disse, não sei de sua história, mas acho que viver até aos 80 e ser capaz de praticar um esporte quando todos os seus colegas andam com muletas, bengalas ou mesmo cadeira de rodas, já é um sucesso.

Pelo menos se eu chegar lá com a mesma capacidade de Jarvis, estarei contente (mais 20 anos). Mas penso que o segredo de Jarvis não está relacionado com sua herança genética, mas com o seu estilo de vida. Ele não começou a correr quando estava velho, mas provavelmente desenvolveu esse hábito por muitos anos.

Podemos concluir aqui, sem saber muito da história dele, que o segredo não é apenas ter uma vida longa, mas ter qualidade de vida nesses anos. Isto me lembra da história do velhinho que andava arcado e quando se encontrou com um treinador físico este lhe disse que poderia ajudá-lo. Em poucos meses de exercício, o velhinho adquiriu sua postura ereta novamente. Fórmula mágica: exercício.

Pensamento final

“Quando a temperatura permitir, todos os que puderem assim fazer devem andar ao ar livre cada dia, tanto no verão como no inverno. Mas a roupa deve ser apropriada para o exercício, e os pés devem estar bem protegidos. Uma caminhada, ainda que seja no inverno, será mais benéfica à saúde do que todos os remédios que os médicos possam prescrever. Para os que podem fazê-lo, o andar a pé é preferível a andar de condução. Os músculos e veias tornam-se mais capacitados a desempenhar seu trabalho. Haverá aumento de vitalidade, tão necessária à saúde. Os pulmões realizarão a atividade indispensável; pois é impossível sair ao ar revigorante de uma manhã de inverno sem encher os pulmões”.  Ellen White, Testimonies for the Church 2, páginas 528-533.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox