Notícias Adventistas

Hildemar Santos

Hildemar Santos

Saúde e Espiritualidade

Como prevenir doenças e ter uma vida saudável.

Ar Puro

Ar_Puro

O ser humano pode sobreviver dias sem comida e água porem apenas alguns minutos sem ar. O ar é inalado a cada segundo para dentro dos pulmões e é então absorvido no sangue. Sendo assim o que estiver no ar pode entrar rapidamente para dentro do corpo. Por isso é necessário que tenhamos mais cuidado com o ar que respiramos do que com as comidas e líquidos que ingerimos.

Com relação ao ar puro devemos ter cuidado primeiramente com o ar interno, dentro de nossas casas e lugares de trabalho. Não é preciso mencionar que o cigarro deve ser proibido dentro de ambientes fechados. E mesmo que a pessoa não fume diante dos filhos e familiares hoje se sabe que a roupa e o corpo ficam tão impregnados com a fumaça do cigarro que podem ter efeitos deletérios principalmente para recém-nascidos e crianças – o que se chama de fumo de terceira mão. Em relação ao ar dentro de casa, também deve-se ter cuidado com outros tipos de fumaça como a lareira, incenso ou mesmo o fogão a lenha que ainda é usado em lugares campestres. Fumaça é fumaça e não deveria entrar em nossas casas.

Outro problema comum relacionado com o ar interno é a presença de ácaros os quais são minúsculas criaturas da família dos aracnídeos que vivem praticamente no pó interno das casas, principalmente nas roupas de cama. Assim é necessária uma boa ventilação dos ambientes, troca e limpeza frequente das roupas de cama e abundante luz solar que ajuda a limpar estes e outros microrganismos que por acaso estejam dentro de nossos ambientes. Um filtro de ar é também uma boa ideia e não devemos esquecer que se existe ar condicionado é preciso limpar os filtros do mesmo frequentemente.

Com relação a poluição do ar fora das casas, a melhor opção é procurar ambientes com ar mais puro fora das cidades grandes. A incidência de asma, bronquites, enfisema e mesmo infecções das vias respiratórias é mais comum nos grandes centros. Lembro-me de um paciente que tinha uma filha que sofria de asma. Ele morava num dos bairros centrais de São Paulo. Depois de muito lutar com o problema da filha o homem resolveu mudar para uma pequena cidade no interior de Goiás. No começo não foi fácil se adaptar, mas a asma da menina desapareceu totalmente em poucos dias. Mas se você não pode viver no interior, pelo menos faça visitas frequentes a estes lugares.

O ar das cidades grandes produz altos níveis de poluição aumentando o risco de câncer, principalmente dos pulmões e vias respiratórias. Por outro lado o ar de ambientes naturais possui abundância das propriedades medicinais de árvores variadas. Um estudo no Japão demonstrou que os participantes que passaram três dias no interior de uma floresta tinham um aumento na atividade e quantidade dos linfócitos “natural killer – NK” (matador natural) e outras enzimas anticâncer. Os dois tem função importante na prevenção do câncer. O aumento da atividade do NK foi observado até dois dias depois do passeio.

A TV americana tem um comercial interessante. Na cena aparecem crianças e famílias passeando numa floresta observando os animais e a natureza. No final é dado o conselho para que as pessoas procurem uma floresta perto de suas casas e planejem um passeio. Existe até um site na Internet, o discovertheforest.com (descubra a floresta), que dá informações sobre florestas e trilhas no país americano.

O conselho final é simples, se você não pode viver fora das cidades, faça planos para sair com frequência, vá para a montanha, campo ou mesmo praia. Visite a floresta que está mais perto de você. “Há saúde no perfume dos pinheiros, dos cedros e dos abetos. E há várias outras espécies de árvores que têm propriedades medicinais e promovem a saúde.” (Jesus Meu Modelo, pág. 233, Ellen White)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox