Notícias Adventistas

Geyvison Ludugério

Geyvison Ludugério

Fora da Caixa

Tudo o que você conhecia, conheça de novo. Inovação e Criatividade na prática.

Davi e Golias no Vale do Silício

Foto: Shutterstock

“O que você está fazendo aqui? Por que não está cuidando daquelas ovelhas magricelas?”

Foi assim que Davi foi recebido por seu irmãos no Vale de Elá, onde dias antes um gigante chamado Golias provocara (ou havia provocado) o povo de Israel a fim de provar a sua força. Essa recepção poderia desanimar qualquer um, mas Davi tinha uma personalidade diferente. Ele tinha uma mente inovadora.

A Bíblia faz questão de mostrar Davi em diversas fases da sua vida, uma espécie de reality show em que apareçam suas ações e pensamentos, conhecendo suas forças e suas fraquezas, desde pequeno até a sua velhice. Assim todos se identificam com o personagem em pelo menos algum momento de sua vida, por isso as lições para a nossa vida são muitas. Eu gosto de vê-las do ponto de vista de um rapaz criativo e inovador, assim como os jovens que hoje vivem no Vale do Silício. Já ouviu falar desse vale?

O Vale do Silício é uma região no estado da Califórnia, Estados Unidos, onde estão agrupadas centenas de empresas inovadoras nas áreas de tecnologia e internet. Lá, você vai encontrar empresas como Apple, Google, Facebook, Yahoo! e Pixar, mas existem muitas outras companhias que fizeram sua fortuna por meio de ideias que mudaram o mundo de alguma forma. O segredo dessa região, focada em inovação, não está nestes grandes complexos criativos, mas nas garagens de diversas casas do subúrbio. Lá, sem ninguém saber, pode estar surgindo a próximo revolução da internet. Alguém, neste exato momento, pode estar criando a próxima Apple.

A cultura vivenciada neste pedaço do mapa é que “erre, mas erre rápido”. Não fuja dos problemas, pois errar faz parte do processo de aprendizado, para que sua ideia fique cada vez mais consistente diante dos problemas que ainda virão. Que pensamento fantástico! A resiliência é a palavra de ordem para quem quer inovar. É por isso que muitas empresas com boas ideias morrem, focam muito no processo e não fortalecem o seu propósito e missão.

Davi teria grandes chances de ser um morador do Vale do Silício. Ele possui todas as características de um jovem com mentalidade disruptiva, principalmente no seu principal evento relatado na Bíblia; a luta contra o gigante Golias. Veja alguns exemplos de como Davi era um jovem inovador:

Tinha coragem (1 Samuel 17: 34-37). O pastor de ovelhas não tinha apenas a função de guiar o rebanho, ele tinha que protegê-lo também. No passado, Davi já tinha derrotado animais ferozes usando apenas uma funda, por isso já sabia como enfrentar novos perigos.

Desafiou o status quo (1 Samuel 17:38-39): O rei Saul, talvez com pena do futuro soldado, entregou sua própria armadura, a mais protegida de todas – afinal era a armadura do rei. Mas Davi recusou a oferta, porque ela não servia para o plano dele. Os métodos usados antigamente não são garantia de sucesso.

Pensava simples (1 Samuel 17:40). Ter foco no que é importante é essencial para um trabalho ágil e eficiente. Às vezes, queremos fazer um trabalho muito bem elaborado, cheio de elementos e detalhes. O ditado popular diz: “Feito é melhor que perfeito”.

Era criativo (1 Samuel 17:45). Por ser um músico, a criatividade estava na veia de Davi. Usava o que estava ao seu alcance para resolver problemas, não importando o tamanho do desafio, Davi usou da sua principal habilidade como principal elemento diferencial. Hoje, a criatividade é o diferencial para solucionar qualquer tipo de problema.

Tinha confiança (1 Samuel 17:26). O medo nos faz crescer, a cada momento em que nos deparamos com desafios, precisamos nos apegar à força que vem do alto. Davi sabia que quem venceria não seria ele, e sim, o Senhor dos Exércitos.

O comprometimento dos jovens que vivem no Vale do Silício em tentar mudar o mundo é tão grande que eles não medem sacrifícios. É comum encontrar casos de pessoas que resolvem morar dentro do carro, ou mesmo dentro da empresa, sem querer voltar pra casa achando que perderia um tempo precioso. A vida não está completa sem que eu dê a minha contribuição para revolucionar o Mundo.

Walter Isaacson, autor do livro Inovadores, onde conta a história de pessoas que mudaram o rumo da sociedade com ideias criativas, diria que “as melhores inovações aparecem quando pessoas curiosas se juntam e começam a fazer perguntas”. Davi também fez algumas perguntas como: “… Afinal, quem esse incircunciso filisteu pensa que é para insultar o exército do Deus vivo?” (1 Samuel 17:26).

No Vale do Silício, as pessoas focam nas perguntas sem ainda saber as respostas. No Vale do Elá, as perguntas não importam, afinal a certeza da vitória e a vontade em fazer o que precisa ser feito nos fazem enfrentar qualquer batalha.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox