Notícias Adventistas

Fábio Bergamo

Fábio Bergamo

Marcas & Marcas

Marketing, Comunicação, Cultura e Religião

Uma grande ação de Marketing…

O que faz uma massa se mover? Qual é o motivo que faz um grupo de pessoas correr atrás de um objetivo único e mostrar ao mundo que, em grande parte das vezes, a maioria não está correta?

Se fossem perguntadas, dez entre dez profissionais de marketing diriam que a busca incessante das marcas seria conquistar uma legião de fãs. Fãs que movessem tudo o que fosse preciso para que as marcas fossem levadas adiante, se tornando verdadeiros advogados da marca e de seus produtos. Fácil de se conseguir isso? Com certeza, não! Barato? Menos ainda.

Algumas empresas, como a Harley-Davidson, Apple e Heinz, por exemplo, tem consumidores que chegaram em um nível de defensores absolutos. São porta-vozes das marcas, que fazem com que elas façam parte da própria vida como membros da família.

Para conseguir este nível de interesse dos consumidores, os gestores de marketing destas e de outras empresas diminuíram consideravelmente os gastos com publicidade e propaganda no estilo comum, aquela em mídias pagas como TV, Rádio, Jornais e Revistas. O investimento agora é no chamado Marketing de Relacionamento, fazendo ações relativamente baratas, porém de resultado muito mais satisfatório. Resultado: a tal legião de fãs se constrói!

No sábado, dia 26 de outubro de 2013, uma outra legião de pessoas convictas tomou o Brasil. Durante o maior movimento ligado à educação do país, um grupo se destacava da multidão, pregando, mesmo em silêncio e reclusão, sua mensagem e sua missão. Eram defensores leais da sua “marca”. Quem eram estes jovens colegiais que pareciam ter um tratamento diferenciado?

O Exame Nacional do Ensino Médio viu, mais uma vez, a presença do que os meios de comunicação chamavam quase que carinhosamente de “sabatistas”. Dentre eles, os jovens adventistas do sétimo dia, grupo que sempre chama a atenção por onde passa, que chegavam aos pontos de prova de várias formas: em grupos grandes, encabeçados por líderes da igreja, em grupos menores; muitos advindos do templo, onde estiveram desde cedo.

Claro que os meios jornalísticos noticiam o acontecimento. É um frenesi de informações que pipocam em jornais e sites de toda a nação, sobre o público que professa uma mensagem diferente. Para alguns se autoflagelam; para outros, são ajudados por um estado que deveria ser “laico”. Não importa: com a ajuda de abelhinhas laboriosas (nossos homens e mulheres de comunicação), eles são notícia. E quão boa notícia!

Chega a emocionar o quão leais são estes jovens ao mais nobre dos propósitos! A beleza e profundidade do gesto de se auto-isolarem, auxiliados por decretos governamentais que primam pela liberdade religiosa em nosso país, mostra a toda uma sociedade que existem pessoas que são diferentes. Pessoas que pertencem a um grupo que enxerga um mundo melhor, porvir, e que não se contaminarão com este mundo, mesmo sendo exigidos por este a realizarem um encontro com uma prova escolar obrigatória!

Parabéns, ENENZEIROS Adventistas! Naquele sábado, vocês foram a tradução da mensagem dada pelos céus aos homens! Foram verdadeiros comunicadores, participando de uma ação de marketing com resultados que veremos por muito tempo. Uma grande, bela e pura ação de marketing!

PARA LER, VER E OUVIR MAIS

Algumas das inúmeras notícias sobre adventistas no ENEM deste ano:

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox