Notícias Adventistas

Fábio Bergamo

Fábio Bergamo

Marcas & Marcas

Marketing, Comunicação, Cultura e Religião

Alegria, alegria

“Rir é o melhor remédio”. Não lembro nem de longe a época em que ouvi pela primeira vez este dito popular. Mas parece até uma dica moderna para uma informação antiga. E as pesquisas têm corroborado com o tema, demonstrando como o bom humor tem influência direta no bem estar das pessoas que, posso dizer, o praticam. Um exemplo é a pesquisa de Sugawara et al., que saiu no American Journal of Cardiology, em setembro de 2010. O recente estudo comprovou que o riso alegre e espontâneo tem um efeito positivo significativo nas funções vasculares. O humor parece ser uma prerrogativa para uma vida plena do ser humano.

O humor é um apelo extremamente utilizado no mundo da comunicação de marketing, principalmente na propaganda. Entende-se aqui por apelo como a ideia filosófica que está por detrás da comunicação e da mensagem que será transmitida, alcançando o receptor com o impacto perfeito. E o apelo do humor está sempre associado com campanhas de sucesso. Sempre nos lembramos, entre outras coisas, de boas sacadas, de estórias engraçadas, de musiquinhas espirituosas, de bichinhos falantes. Anúncios bem-humorados, em geral, são os mais conhecidos e mais lembrados entre todas as comunicações de marketing.

Transferindo isto para a comunicação do dia-a-dia, vejo como são bem quistas as pessoas bem humoradas. Parece que todos gostam de estar perto das mesmas. Como poderiam dizer os gurus da autoajuda organizacional, o bom humor parece mesmo contagioso, em qualquer ambiente.
Outro dia, no Facebook, me peguei dando boas risadas com situações que vivemos em nossa vida eclesiástica, através da página “Memes Adventistas”, no Facebook. Na mesma página vi comentários agressivos e outros permissivos com o tema do bom humor dentro da nossa vida cristã. Pensei comigo mesmo: será que há espaço para o convívio de humor e religião? Se sim, que tipo de abordagem de humor podemos nos utilizar?

Na hora me veio a mente o conhecido texto de Provérbios 17:22: “O coração alegre é como o bom remédio, mas o espírito abatido seca até os ossos”. Ellen White, comentando este texto, indica que há razões, sobretudo fisiológicas para tal. Mas, o mais interessante dos textos da escritora é o motivo pelo qual nós, cristãos, devemos carregar esse bom humor: para nos aproximarmos de outras pessoas. Vejam alguns textos de poder:
“O bom humor e a cortesia devem especialmente ser cultivados pelos pais e professores. Todos podem possuir fisionomia radiante, voz mansa, maneiras corteses, que são elementos de poder”. Educação, página 240.

“Alguns crentes professos, com seu mau humor, repelem os jovens”. Fundamentos da Educação Cristã, página 51.
O bom humor é sim um elemento agregador. Porém, assim como no mundo do marketing, não é em todos os momentos que podemos ou devemos utilizá-los. Alguns produtos simplesmente não permitem tal uso. No nosso caso, temos uma mensagem forte, que deve ser transmitida ao mundo com todo o nosso afinco e devoção. Creio que não há espaço para brincadeiras com esta mensagem.

No entanto, há espaço para o bom humor sim, quando o assunto é relacionamento. Da mesma forma que a mensagem não deveria ser transmitida com excesso de humorismo, a vida cotidiana de um cristão não deve ser mal humorada. Este não é um terreno nada vantajoso, como diz Ellen White (Testemunhos Seletos volume 3, página 272). Ninguém gosta de ficar perto de pessoas que não esboçam nenhum tipo de sorriso ou que são sérios ao extremo. Nós somos o povo que tem uma mensagem inigualável, que deveria nos fazer transbordar de alegria. É o nosso momento de mostrar ao mundo como nos sentimos ao viver esta esperança. E, com certeza, a melhor “propaganda” é o sorriso no nosso rosto!

PARA LER, VER E OUVIR MAIS

Religion and sense of humor: An a priori incompatibility? – Artigo na revista científica Humor, escrito por Vassilis Saroglou. Explora a visão psicológica da relação entre humor e religião.http://www.uclouvain.be/cps/ucl/doc/psyreli/documents/2002.Humor15.2.pdf

Pesquisas apontam que pessoas bem humoradas vivem melhor e com mais saúde – Reportagem do ESTV, sobre as recém-divulgadas pesquisas sobre a influência do bom humor na saúde das pessoas. – http://globotv.globo.com/tv-gazeta-es/estv-1a-edicao/v/pesquisas-apontam-que-pessoas-bem-humoradas-vivem-melhor-e-com-mais-saude/2584917/

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox